Todo Dia Com as Escrituras

Levítico 22:17-33 (leia aqui)

Do versículo 21:1 até 22:16, Deus faz provisão para a preservação de um sacerdócio imaculado, enquanto nos versículos 17 a 33, Ele está ocupado com a qualidade das ofertas. Quão triste é o fato de Ele ser obrigado a insistir: “Porém todo o que tiver defeito, esse não oferecereis”. Essas instruções não deveriam ter sido necessárias, não obstante, o profeta Malaquias nos diz que o povo trazia esse tipo de ofertas. Agir dessa maneira é um pecado duplo: primeiro porque isso significa desprezar ao SENHOR. Aquilo que ninguém ousaria oferecer tal oferta ao governador (Malaquias 1:8), por não ter valor de mercado, era tido como bom o suficiente para ser dado a Deus. Em segundo lugar, porque todos esses sacrifícios, falando de Cristo, a Vítima perfeita, tinham de ser sem defeito. E nós, caros amigos cristãos, o que temos reservado do nosso tempo, de nossa energia, de nossa inteligência, de nosso dinheiro para o Senhor? O melhor ou simplesmente o que sobra, o que não tem mais utilidade?

Em contraste com os sacrifícios pelo pecado, necessários e obrigatórios, aqui estamos interessados pelos sacrifícios de louvores, ofertas voluntárias, opcionais. Deus não insiste em arrancar algo de nós, nada é forçado. Porém, quanto mais o nosso coração estiver tomado pelo amor de Jesus, tanto mais criteriosos seremos quanto ao retribuímos Ele.

Congresso 2020

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Compartilhe: 
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança