Bíblia Online

Buscar

Escolher livro

Usando recursos avançados

Para fazer buscas mais específicas na Bíblia, basta usar esses recursos especiais:

Referências

Digite as referências na forma usual, com os nomes dos livros seguidos pelos trechos desejados. Você pode escrever mais de uma referência, separando-as por ponto e vírgula:

Mt 1.18-25; Lc 1.26-35; 2.4,6-7

Encontrar todas as palavras

Digite as palavras desejadas separadas por espaço.

Davi Saul (encontra todos os versículos em que ambos Davi e Saul são mencionados)

Todas as palavras estarão nos resultados, não importando a ordem em que aparecem no texto.

Encontrar o texto exato

Digite o texto desejado entre aspas.

"Saul disse a Davi" (encontra os versículos com esse texto exato)

Com quaisquer das palavras

Use o símbolo ~ (til) antes das palavras opcionais.

~Jesus ~Cristo (encontra versículos com a palavra Jesus, ou a palavra Cristo, ou ambas)

Útil para encontrar textos com palavras relacionadas ou sinônimos.

Sem as palavras

Use o símbolo - (menos) antes das palavras que não devem ocorrer.

Jesus -Cristo (encontra versículos com a palavra Jesus, mas sem a palavra Cristo)

Útil para restringir sua busca.

Palavras começando com...

Use o símbolo * (asterisco) para especificar apenas a parte inicial de uma palavra, permitindo variações para seu final.

misericord* (encontra versículos contendo misericórdia, misericordioso, misericordiosa, misericordiosos etc.)

Almeida Corrigida e Revisada Fiel

Provérbios 8

1  NÃO clama porventura a sabedoria, e a inteligência não faz ouvir a sua voz?

2  No cume das alturas, junto ao caminho, nas encruzilhadas das veredas se posta.

3  Do lado das portas da cidade, à entrada da cidade, e à entrada das portas está gritando:

4  A vós, ó homens, clamo; e a minha voz se dirige aos filhos dos homens.

5  Entendei, ó simples, a prudência; e vós, insensatos, entendei de coração.

6  Ouvi, porque falarei coisas excelentes; os meus lábios se abrirão para a eqüidade.

7  Porque a minha boca proferirá a verdade, e os meus lábios abominam a impiedade.

8  São justas todas as palavras da minha boca: não há nelas nenhuma coisa tortuosa nem pervertida.

9  Todas elas são retas para aquele que as entende bem, e justas para os que acham o conhecimento.

10  Aceitai a minha correção, e não a prata; e o conhecimento, mais do que o ouro fino escolhido.

11  Porque melhor é a sabedoria do que os rubis; e tudo o que mais se deseja não se pode comparar com ela.

12  Eu, a sabedoria, habito com a prudência, e acho o conhecimento dos conselhos.

13  O temor do Senhor é odiar o mal; a soberba e a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu odeio.

14  Meu é o conselho e a verdadeira sabedoria; eu sou o entendimento; minha é a fortaleza.

15  Por mim reinam os reis e os príncipes decretam justiça.

16  Por mim governam príncipes e nobres; sim, todos os juízes da terra.

17  Eu amo aos que me amam, e os que cedo me buscarem, me acharão.

18  Riquezas e honra estão comigo; assim como os bens duráveis e a justiça.

19  Melhor é o meu fruto do que o ouro, do que o ouro refinado, e os meus ganhos mais do que a prata escolhida.

20  Faço andar pelo caminho da justiça, no meio das veredas do juízo.

21  Para que faça herdar bens permanentes aos que me amam, e eu encha os seus tesouros.

22  O Senhor me possuiu no princípio de seus caminhos, desde então, e antes de suas obras.

23  Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da terra.

24  Quando ainda não havia abismos, fui gerada, quando ainda não havia fontes carregadas de águas.

25  Antes que os montes se houvessem assentado, antes dos outeiros, eu fui gerada.

26  Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem o princípio do pó do mundo.

27  Quando ele preparava os céus, aí estava eu, quando traçava o horizonte sobre a face do abismo;

28  Quando firmava as nuvens acima, quando fortificava as fontes do abismo,

29  Quando fixava ao mar o seu termo, para que as águas não traspassassem o seu mando, quando compunha os fundamentos da terra.

30  Então eu estava com ele na obra; e eu era cada dia as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo;

31  Regozijando-me no seu mundo habitável e enchendo-me de prazer com os filhos dos homens.

32  Agora, pois, filhos, ouvi-me, porque bem-aventurados serão os que guardarem os meus caminhos.

33  Ouvi a instrução, e sede sábios, não a rejeiteis.

34  Bem-aventurado o homem que me dá ouvidos, velando às minhas portas cada dia, esperando às ombreiras da minha entrada.

35  Porque o que me achar, achará a vida, e alcançará o favor do Senhor.

36  Mas o que pecar contra mim violentará a sua própria alma; todos os que me odeiam amam a morte.

Texto da versão Almeida Corrigida e Revisada Fiel de propriedade da Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil.

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança