Quem Somos

A Obra Missionária Chamada da Meia-Noite é uma organização interdenominacional com o objetivo de levar pessoas a Jesus Cristo, à Sua Palavra e alertar sobre o Seu retorno a esta Terra. Nosso nome é baseado em Mateus 25.6, onde Jesus diz, em relação à Sua Segunda Vinda: “À meia-noite, ouviu-se um grito: O noivo se aproxima! Saiam para encontrá-lo!” – Leia aqui a nossa Declaração de Fé.

Logotipo

No começo do ministério, durante uma conferência, surgiu a ideia do símbolo da Chamada da Meia-Noite. Um amigo da obra missionária projetou a cruz, que se encontra no centro, e ao mesmo tempo parece uma antena de rádio. Desta antena, saem três ondas de rádio, simbolizando a divulgação do Evangelho, e também pode ser vista como uma indicação da Trindade. E a base sobre a qual a torre de transmissão se encontra é uma Bíblia aberta.

História

Em 1955, o evangelista Wim Malgo e seu amigo Willy Straumann fundaram a Missionswerk Mitternachtsruf [Obra Missionária Chamada da Meia-Noite] – a princípio para através de programas de rádio alcançar as pessoas que não iam aos grandes eventos de evangelização. As primeiras transmissões foram ao ar à meia-noite pela Rádio Tanger. Logo veio um número surpreendente de respostas/reações e apoio da Europa e da África. Em setembro de 1957, os programas começaram a ser transmitidos pela Rádio Luxemburgo, onde começaram a chegar inúmeras cartas dos países comunistas, por trás da antiga Cortina de Ferro.

Em abril de 1956, foi produzida a primeira revista mensal chamada de Radio Mitternachtrsruf [Rádio da Chamada da Meia-Noite]. Essa publicação foi inicialmente enviada a cerca de 300 ouvintes e amigos em alemão. A circulação aumentou rapidamente, devido ao seu conteúdo com foco nas profecias, santificação e nas atualidades. Em junho de 1957, a revista mudou de formato e aparência e passou a ser chamada apenas de Mitternachtsruf [Chamada da Meia-Noite].

No começo do inverno de 1961, os primeiros missionários da Chamada viajaram à Bolívia, que foram seguidos por outros, alcançando cada vez mais países na América do Sul, inclusive o Brasil.

Brasil

Quando Wim Malgo e os outros líderes da missão perguntaram a Dieter e Helga Steiger, no final de 1964, se estavam preparados para irem ao Brasil e lá começar um trabalho, o Senhor já havia dirigido o olhar do irmão Dieter para a América do Sul, através de uma campanha missionária. Após um período de preparação, eles viajaram em fevereiro de 1965, de Gênova (ITA) com o navio de passageiros Eugenio C com destino a Santos. Seu primeiro filho, Markus, tinha na ocasião cinco meses de idade.

Antes da viagem, Wim Malgo lhes havia dado o melhor conselho para a nova etapa no Brasil: “Orem bastante...”

A chegada ao Brasil trouxe consigo algumas surpresas, pelo fato de que ainda não entendiam o português. Por isso começaram a estudar a língua na missão Nova Tribos em Jacutinga, Minas Gerais. Lá ficaram sete meses estudando e trabalhando juntamente com 70 jovens de todo o Brasil. Foi um tempo muito abençoado de preparação.

Dieter e Helga experimentaram a direção do Senhor constantemente, tanto nos estudos da língua, na procura de moradia, nos primeiros contatos, etc. Como Wim Malgo pensava primeiramente em limitar o trabalho às colônias alemãs, depois dos meses em Jacutinga se tornou claro que o novo caminho indicava Porto Alegre. Entre os anos de 1966 e 1970, moraram no norte da cidade e Dieter começou o trabalho, viajando no seu Fusca para as colônias alemãs no interior do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Em 1968, Werner e Úrsula Beitze, que hoje dirigem a Chamada na Guatemala, e Renate Linder, que já está com o Senhor, se juntaram ao casal Steiger. Esta pequena equipe dirigia evangelizações em capelas, salões de baile e hotéis e faziam também reuniões em escolas. Em todos os lugares ofereciam revistas, livros, cursos bíblicos, discos e cassetes em alemão. Quando o Fusca se tornou pequeno demais, compraram a primeira Kombi, em 1969.

Através das viagens evangelísticas, logo notaram a grande necessidade de também poder oferecer literatura na língua portuguesa. O primeiro folheto traduzido, impresso e distribuído foi O Pior dos Piores Acontecimentos, de Wim Malgo, do qual já foram impressos alguns milhares de exemplares.

Quando Wim Malgo, em 1967, veio ao Brasil pela primeira vez, foi palestrante em uma semana de evangelização em Curitiba, Blumenau, Porto Alegre, Panambi e Santa Rosa. Como resultado, havia centenas de leitores da Chamada em alemão que sempre recebiam remessas de literatura alemã.

Em 26 de outubro de 1968, aconteceu a fundação da Chamada da Meia-Noite do Brasil, com a presença de Wim Malgo e Ernest Heine, da Suíça; Friedrich Karl Scharf, de São Paulo, e os primeiros missionários Dieter e Helga Steiger, Werner e Ursula Beitze e Renate Linder.

Nesta época também teve início a edição da revista Chamada da Meia-Noite. Primeiramente, eram impressas 3 edições por ano; em seguida, a cada dois meses; para logo em seguida começarem a sair mensalmente, o que continua acontecendo até hoje. Naquele tempo, a impressão era feita numa gráfica externa. Todo o conteúdo era traduzido, muitas vezes com lutas e dificuldades. Vários irmãos e irmãs ajudavam nas traduções até que, em uma manhã, o irmão Ingo Haake, de Florianópolis, apresentou-se, movido pelo Senhor, com a vontade de colaborar neste ministério com a tradução. Desde então ele e sua esposa Ione fazem parte da Missão.

Nos anos 1971-1972 foram construídas as primeiras casas de madeira na propriedade da missão: uma casa de moradia e dois prédios do centro de treinamento. Surgiu naquele ano o novo braço da missão: preparar jovens para o campo missionário. Em seguida vieram os primeiros alunos da Europa onde estudos e diferentes trabalhos se intercalavam. Ao todo, 125 jovens se formaram aqui no Brasil e, posteriormente, no seminário em Montevidéu, Uruguai, entre 1979 e 1990.

Em 1975, Arno Froese, o diretor da Chamada da Meia Noite nos Estados Unidos, nos visitou pela primeira vez. Nesta ocasião, fomos estimulados a construir uma gráfica própria. Com muito esforço pessoal através dos missionários e seminaristas, começou a primeira etapa deste grande empreendimento que é hoje o coração da missão aqui no Brasil. Quando ficou pronta a construção, tínhamos somente a pequena impressora semiautomática “Victoria”, onde os envelopes eram impressos, num prédio vazio. Depois foi comprada a cortadora automática “Polar”. Passaram-se meses até que, em 1978, vieram da Europa a impressora de offset Heidelberg KORD e a dobradeira automática MBO. Dentro de poucos dias as duas máquinas se encontravam na gráfica e a produção podia começar.

O trabalho de literatura cresceu muito e foi necessária a vinda de uma impressora maior e de melhor qualidade. Com a ajuda de muitos cristãos da Europa, foi possível a compra da impressora Heidelberg MOS em 1989, bem como a impressora “Solna”, cinco anos depois. Esta última foi um presente de Arno Froese. Para liberação dos altos impostos de ambas as máquinas foram necessários muitos meses de espera e oração.

Reinhold Federolf chegou ao centro de treinamento em 1974 há tempo de, após a sua formatura, começar a instalar o departamento das artes gráficas. Ele é o responsável pelo ministério do Verbus, pregando com mensagens audiovisuais em diversas igrejas. Naquele ano também veio Ernesto Kraft, que por muitos anos trabalhou na missão e nos últimos anos tem seu próprio ministério, a Obra Missionária Alfa e Ômega (alfaeomega.com.br) em São Paulo, onde produz milhões de folhetos anualmente.

Outra etapa foi a construção de um moderno estúdio, em 1996. Com isso foi possível realizar ainda mais nesse novo campo. Em 1999, Gedson Santos começou o seu trabalho no estúdio da Chamada da Meia-Noite, e desde então foram gravados muitos DVDs e CDs.

Em 1978 Ingo Haake mudou-se de Florianópolis com sua família para Porto Alegre, para trabalhar integralmente na missão. Assim, no ano seguinte, foi possível o lançamento da revista Notícias de Israel. Durante todos esses anos Ingo, juntamente com Markus Steiger, ampliaram o trabalho editorial.

Em 1999 aconteceu o primeiro Congresso Internacional sobre a Palavra Profética, que foi mais um marco de nossa missão aqui no Brasil, o de servir a igreja brasileira nestes congressos com a palavra profética. Por isso, comemoraremos em 2018 nosso 20º Congresso, uma conquista muito significativa para nós. Em todos esses anos tivemos diversos palestrantes, tanto brasileiros como estrangeiros.

Em maio de 2008 retomamos nossas “Viagens a Israel”, com o propósito de levar cristãos do Brasil à Terra Santa, para conhecer os lugares descritos na Bíblia e participar do Congresso Profético Internacional em Jerusalém. Desde então, já houveram 5 viagens, onde mais de 400 irmãos das mais diversas igrejas participaram desta maravilhosa viagem e puderam realizar este sonho. A Beth-Shalom internacional, com mais de 35 anos de experiência em viagens para Israel, desenvolveu um excelente e completo roteiro onde todos os participantes podem ter uma visão do que o Senhor está fazendo hoje com o Seu povo, cumprindo assim a Sua Palavra até os mínimos detalhes. Em maio de 2018 esperamos realizar nossa próxima viagem, se o Senhor assim permitir, que será um evento muito especial, pois Israel estará celebrando 70 anos desde sua volta à Terra Prometida, em 1948, e também pelos 50 anos da Chamada da Meia-Noite no Brasil.

Em 2015 tivemos o reforço na equipe de missionários, com a chegada de Conrad Schomerus e sua esposa, Vasthy, que foram por 25 anos missionários no ministério Palavra da Vida Sul. O irmão Conrad agora é o responsável pelo estúdio.

O ano de 2016 foi marcado pelo retorno do querido irmão e fundador Dieter Steiger para a Alemanha, onde nasceu. Após a morte de sua amada esposa, decidiu viver seus últimos anos perto de sua família, mas ainda contribuindo com a missão no Brasil, através dos aconselhamentos e sua coluna “Prezados Amigos” na revista. Em agosto do mesmo ano, também houve a unificação das revistas “Chamada da Meia-Noite” e “Notícias de Israel”, que agora passam a ser chamadas apenas de “Chamada da Meia-Noite”.

Todo este trabalho é realizado por uma equipe dedicada e capacitada pelo Senhor Jesus.

Ore pela Chamada para que mais pessoas sejam alcançadas pela mensagem de salvação e edificação até que Ele volte!

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança