Será que estou no lugar certo?

Daniel Lima

Compartilhe:  Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Quem nunca se perguntou se tomamos um caminho errado em algum ponto de nossa vida? Talvez se eu não tivesse feito aquela faculdade? Ou se eu tivesse aceitado aquele emprego? E se eu tivesse me casado com fulano? Nossa mente viaja e achamos, às vezes, que seríamos mais felizes se estivéssemos em outro lugar – inclusive porque reconhecemos que tomamos algumas decisões tolas e as consequências foram doloridas.

Um exemplo disso é a fuga de Jacó de casa. Talvez você conheça a história, que é descrita em Gênesis 26–28. Nela, dois gêmeos lutam pelo direito de primogenitura. O mais velho não valoriza este direito e o troca por uma prato de comida. No momento de receber a bênção do pai, o mais jovem engana o pai (com apoio da mãe) e “rouba” a bênção e os direitos de seu irmão mais velho. Tendo feito isso, ele foge, pois sabe que o irmão vai tentar matá-lo. Nessa fuga ele para uma noite em um lugar deserto. Ali usa uma pedra como travesseiro e finalmente adormece.

Parece-me que ele havia chegado no fundo do poço. Acostumado com os confortos de casa, ele toma a decisão de enganar o irmão e o pai; foge de casa e, ao invés de viajar com criados (que era o costume), sai sozinho e provavelmente sem recursos, pois quem escolheria uma pedra como travesseiro? Você já esteve nessa situação? Já fez algo errado e fugiu, deixando um ambiente confortável? Já teve de descansar sobre pedras?

Mesmo naquela noite com um travesseiro de pedra, Jacó estava no lugar mais seguro, no momento de maior bênção, porque Deus estava com ele.

 Jacó teve um sonho naquela noite. Não um sonho qualquer, mas um sonho em que viu uma escada que ia até o céu, na qual anjos desciam e subiam. Além disso, logo ao seu lado estava o próprio Deus fazendo-lhe promessas. Certamente não era o que ele esperava. Inclusive no final o Senhor lhe diz: “Estou com você e cuidarei de você, aonde quer que vá; e eu o trarei de volta a esta terra. Não o deixarei enquanto não fizer o que lhe prometi” (Gênesis 28.15).

Sua reação é espantosa: “Quando Jacó acordou do sono, disse: ‘Sem dúvida o Senhor está neste lugar, mas eu não sabia!’ Teve medo e disse: ‘Temível é este lugar! Não é outro, senão a casa de Deus; esta é a porta dos céus’” (Gênesis 28.16-17). Sua primeira reação é reconhecer que Deus estava ali. No entanto, na sequência ele afirma que o lugar era a casa de Deus, o portal dos céus. Ele ainda não havia compreendido a promessa de Deus no verso 15 (“Estou com você… Não o deixarei...”)!

Assinante Plus

Às vezes queremos fugir achando que em outro lugar seremos mais felizes, sofreremos menos, teremos menos problemas ou mais bênçãos. No entanto, Deus está conosco onde estivermos. Onde estivermos é o lugar da bênção de Deus. Ele não surgiu no sonho para repreender Jacó (isso viria depois). Ele apareceu no sonho para encorajar Jacó. Mesmo naquela noite com um travesseiro de pedra, dormindo ao ar livre, ele estava no lugar mais seguro, no momento de maior bênção, porque Deus estava com ele. Como sua vida seria diferente se ele confiasse nisso a partir dali!

Deus também promete estar conosco. O autor de Hebreus registra em Hebreus 13.5: “Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: ‘Nunca o deixarei, nunca o abandonarei’”. O problema não é o aperto financeiro, muito embora isso seja difícil de suportar. O problema não é o travesseiro de pedra ou as decisões tolas, muito embora estas tragam consequências. O problema é que não descansamos na promessa de que nunca seremos deixados ou abandonados.

O problema é que não descansamos na promessa de que nunca seremos deixados ou abandonados.

Minha oração por você e por mim é que essa promessa crie raízes em nossos corações. Mesmo em noites de travesseiro de pedra. Mesmo em noites em que o sono não vem, a angústia nos cerca e a esperança parece tão distante. Preste atenção, ouça a promessa: “Nunca o deixarei, nunca o abandonarei”. Tenho certeza de que também vamos reagir como Jacó: sem dúvida o Senhor está neste lugar! 

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Daniel Lima foi pastor de igreja local por mais de 25 anos. Formado em psicologia, mestre em educação cristã e doutor em formação de líderes no Fuller Theological Seminary, EUA. Daniel foi diretor acadêmico do Seminário Bíblico Palavra da Vida por 5 anos, é autor, preletor e tem exercido um ministério na formação e mentoreamento de pastores. Casado com Ana Paula há mais de 30 anos, tem 4 filhos, uma neta e vive no Rio Grande do Sul desde 1995.

Veja artigos do autor

Itens relacionados na livraria

Leia também

Ouvindo a Deus no meio do ruído
Ouvindo a Deus no meio do ruído
Daniel Lima
Fé Como Um Grão de Mostarda
Fé Como Um Grão de Mostarda
Marcel Malgo
Castelo Forte é Nosso Deus
Castelo Forte é Nosso Deus
Siegfried Leferink
O poder da pergunta
O poder da pergunta
Daniel Lima
E agora, José?
E agora, José?
Daniel Lima
Para que Sua Vida Não Desmorone
Para que Sua Vida Não Desmorone
Norbert Lieth
Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Destaques

O Reino Vindouro

R$59,90

Como foi nos dias de Noé

R$31,90

1 e 2Tessalonicenses

R$34,90

Provérbios

R$32,90

Receba o informativo da Chamada

Artigos Recentes