Para que tanta lei?

Stefan Yuri Wondracek

Compartilhe:  Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

É provável que você, assim como eu, já tenha se proposto a ler a Bíblia de capa a capa. A leitura começa fluida em Gênesis, com a história da Criação e as aventuras dos patriarcas. Todavia, quando se chega em Levítico, com aquela infinidade de nomes, regras e descrições, você desanima e acaba pulando os próximos livros ou desistindo da leitura ali mesmo.

Neste ponto cabe a pergunta: para que Deus inseriu isso na Bíblia? De que me serve saber quais as medidas do tabernáculo e os diferentes tipos de ofertas?

Quero propor três lições que podemos tirar desses textos, entendendo que a Bíblia é viva e tem algo a nos ensinar hoje.

1. Deus é perfeito em todos os detalhes

O Senhor deseja que seu povo entenda que a sua santidade e grandeza são absolutas. Em Deus não existem coisas “meia-boca”. Tudo é completo e necessário. Cada detalhe do seu ser é puro, lindo e bem pensado.

Assinante Plus

2. Nenhuma impureza pode habitar com Deus

Em Salmos 5.4, lemos: “Tu não és um Deus que tenha prazer na injustiça; contigo o mal não pode habitar”. É por isso que as exigências encontradas em alguns lugares da Bíblia são tão restritivas quanto ao que é puro ou impuro. Na verdade, a pureza que Deus exigia do povo de Israel tinha o objetivo de não tornar impuro o tabernáculo (Levítico 15.31), o lugar que era a representação de Deus no meio do seu povo. Assim, se alguém impuro se aproximasse da tenda, havia o risco dessa pessoa morrer. Deus preza pela sua própria santidade.

3. Sempre estaremos aquém do que Deus exige

Para nos aproximarmos de Deus, devemos então ser puros como ele é puro. Mas assim entramos num beco sem saída, já que, devido à Queda, todos pecaram (Romanos 3.23). A Torá, isto é, a lei de Moisés, conta com 613 leis. Ninguém conseguiu cumprir todas elas. Então por que Deus criou essas leis se sabia que ninguém as poderia cumprir? Justamente para nos mostrar o quão incapazes somos de agradarmos a Deus e nos relacionarmos com ele e o quanto precisamos da sua ajuda. Na realidade, a Lei é um grito de Deus dizendo: “Reconciliem-se comigo para serem curados, busquem-me para suprir suas fraquezas”, sendo também um sussurro de esperança dizendo: “Tenham fé; logo, logo, enviarei o Salvador que fará aquilo que vocês não conseguem e cumprirá toda a Lei no lugar de vocês e os tornará puros para que possam entrar na minha presença sem medo”.

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Stefan Yuri Wondracek é formado em design gráfico pela Universidade Feevale e teologia pelo Instituto Bíblico Palavra da Vida Argentina. Concluiu uma especialização em aconselhamento bíblico pelo Seminário Bíblico Palavra da Vida (SBPV), em Atibaia/SP, em 2018. É casado com a Julia e pai do Artur, da Lara e da Débora Amira. Atualmente é obreiro na Igreja Batista Conde, em Porto Alegre/RS, servindo principalmente no pastoreio da nova geração e contribuindo no setor de comunicação.

Veja artigos do autor

Itens relacionados na livraria

Leia também

Como entender corretamente os textos proféticos da Bíblia?
Como entender corretamente os textos proféticos da Bíblia?
Dr. Wolfgang Nestvogel
Desânimo: péssimo conselheiro
Desânimo: péssimo conselheiro
Daniel Lima
Como estar a sós com Deus fortalece nossa fé
Como estar a sós com Deus fortalece nossa fé
Daniel Lima
A Arca da Aliança e Jesus
A Arca da Aliança e Jesus
Britt Gillette
Usando a vontade de Deus para fugir da responsabilidade
Usando a vontade de Deus para fugir da responsabilidade
Daniel Lima
Podemos adaptar a Bíblia aos nossos gostos?
Podemos adaptar a Bíblia aos nossos gostos?
Bobby Conway
Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Destaques

A Cronologia do Fim dos Tempos

R$43,90

Manual de Escatologia Chamada

R$79,90

Atos

R$119,90

Liderando Mulheres em Conflito

R$39,90

Receba o informativo da Chamada

Artigos Recentes