Lidando com Conflitos

Ernesto Kraft

Compartilhe:  Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

“Jacó teve medo e ficou angustiado” (Gênesis 32.7)

A vida de Jacó nos mostra que, quando incorremos em culpa contra o nosso próximo, seja por traição, defraudação, inveja, ciúme, maledicência ou seja lá o que for, isso gera crises tanto para aquele que “pôs a pedra para rolar” como para o que foi atingido por ela. Quando Jacó soube que seu irmão veio ao seu encontro, ficou apavorado. Jacó encheu-se de medo e foi tomado de angústia. A primeira reação de Jacó foi fazer planos humanos para uma solução daquela crise. Ele dividiu o povo que estava com ele em dois grupos, bem como as ovelhas, os bois e camelos. Somente depois é que Deus entra em cena. Ele vai orar e lança mão das promessas de Deus: “Tu prometeste: ‘Esteja certo de que eu farei bem a você e tornarei os seus descendentes tão numerosos como a areia do mar, que não se pode contar’” (Gênesis 32.12).

Estamos bastante dispostos a oferecer “presentes”, mas não permitimos a nossa própria transformação.

Mas na prática, a promessa de Deus não fez diferença para Jacó. Ele tentou resolver o conflito através de presentes. O versículo 20 diz: “Eu o apaziguarei com os presentes que estou enviando à minha frente”. Entretanto, isso não bastou para resolver a crise de Jacó. Quantas crises enfrentamos nos relacionamentos, embora não faltem “presentes” e ações! É preciso ir mais fundo. Estamos bastante dispostos a oferecer “presentes”, mas não permitimos a nossa própria transformação.

Jacó precisou passar por um processo de mudança doloroso, mas que levou à solução. Relata-se que um homem lutou com ele, e ele foi literalmente quebrado, como lemos no versículo 25: “Tocou-lhe na articulação da coxa, de forma que a deslocou enquanto lutavam”. Após essa experiência de Jacó, a crise transformou-se em bênção. Não basta distribuirmos presentes externamente, é preciso ocorrer uma mudança no nosso coração, para que possamos nos relacionar no amor verdadeiro.

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Ernesto Kraft é alemão; casado com Elvira, com quem tem três filhos. Ele e sua esposa são missionários desde 1975 e desenvolvem um ministério específico de evangelização através de folhetos e cursos bíblicos por correspondência. Realizou diversos seminários sobre Escatologia em igrejas de São Paulo, e representa a Chamada da Meia-Noite distribuindo a literatura em São Paulo.

Veja artigos do autor

Leia também

Como o silêncio fortalece nossa fé
Como o silêncio fortalece nossa fé
Daniel Lima
Preconceito e Segurança
Preconceito e Segurança
Daniel Lima
Pior que Cego
Pior que Cego
Daniel Lima
Como a Simplicidade nos Liberta da Ganância
Como a Simplicidade nos Liberta da Ganância
Daniel Lima
Identidade e Fidelidade
Identidade e Fidelidade
Daniel Lima
Nossa Herança Familiar
Nossa Herança Familiar
Daniel Lima
Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Destaques

A Cronologia do Fim dos Tempos

R$43,90

Manual de Escatologia Chamada

R$79,90

Atos

R$119,90

Liderando Mulheres em Conflito

R$39,90

Receba o informativo da Chamada

Artigos Recentes