Cuide de Seus Olhos

Daniel Lima

Compartilhe:  Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Em um período de minha vida, colaborei com o Instituto Butantan em São Paulo, capturando cobras para seu serpentário. Eu fazia isso de forma voluntária, devido ao fato de que no acampamento cristão onde eu servia havia um número significativo de cobras. Era comum a temida cobra coral. Essa cobra não é agressiva, mas seu veneno é extremamente perigoso, às vezes causando a morte em menos de uma hora. Em todo local onde há cobras corais, há também as “falsas corais”. Essas cobras mimetizam a coral verdadeira em cor, tamanho e até mesmo procedimento para evitar predadores. A maioria das cobras que capturei eram “falsas corais”. O problema era que diferenciar uma cobra coral falsa da verdadeira é muito difícil. Na verdade, mesmo com experiência, eu não conseguia identificar a diferença. Por fim, aprendi a tratar todas como venenosas e confiar que o técnico do Butantan seria capaz, como realmente era, de diferenciá-las. Em resumo, sem ter os olhos treinados, eu tive de tomar uma decisão de tratar todas como um perigo em potencial.

Essa história poderia ser só curiosa, mas creio que ilustra um princípio na vida cristã. Em Lucas 11.34-36, o evangelista registra o seguinte alerta de Jesus: 

“Os seus olhos são a lâmpada do corpo. Quando os seus olhos forem bons, igualmente todo o seu corpo estará cheio de luz, mas, quando forem maus, igualmente todo o seu corpo estará cheio de trevas. Portanto, cuidado para que a luz que está no seu interior não sejam trevas. Logo, se todo o seu corpo estiver cheio de luz, e nenhuma parte dele estiver em trevas, estará completamente iluminado, como quando a luz de uma lâmpada brilha sobre você.”

O alerta me fez lembrar da experiência acima ao capturar cobras. Na vida lidamos com perigos o tempo todo. Felizmente, a maioria de nós não tem que lidar com cobras, mas precisamos treinar nossos olhos para lidar com outros perigos. Por exemplo, um filme ou leitura que pode “envenenar” minha mente, ou uma amizade que pode afetar minha vida cristã, ou mesmo um pensamento que, caso cultivado, pode me levar ao pecado. Em resumo, cuidado com seus olhos, com sua percepção daquilo que é perigoso. Deixe-me destacar dois elementos desse ensino de Jesus.

  1. Olhos não produzem luz, apenas a refletem para o corpo. Jesus é a luz (João 18.12). Se nossa percepção for “boa” – entenda-se: transmite Jesus – toda nossa vida é protegida e abençoada. Se nossa percepção for comprometida ou turva, nossa vida será prejudicada.
  2. O versículo 35 nos alerta para cuidarmos para que a luz não seja trevas. Não é impressionante como aqueles que decidem andar longe de Deus acham que estão andando em liberdade? Como lemos em Isaías 5.20: “Fazem das trevas luz e da luz, trevas”. 

Como podemos então saber se o que estamos vendo é luz ou trevas? Como podemos aferir se nossos olhos são bons? No exemplo das cobras acima, eu tive de confiar em pessoas mais experientes do que eu, no caso, técnicos do instituto. Certamente creio que devemos fazer o mesmo em nossa vida espiritual. Em Hebreus 13.7 lemos: “Lembrem-se dos seus líderes, que transmitiram a palavra de Deus a vocês. Observem bem o resultado do estilo de vida deles e imitem a sua fé”. É fundamental identificarmos líderes espirituais que demonstrem com suas vidas uma caminhada com Jesus. Não basta serem eloquentes, muito menos falarem o que queremos ouvir, mas que suas vidas realmente reflitam Jesus. Eles podem nos ajudar a desenvolvermos “olhos bons”.

É fundamental identificarmos líderes espirituais que demonstrem com suas vidas uma caminhada com Jesus. Eles podem nos ajudar a desenvolvermos “olhos bons”.

Lembro-me de uma passagem de Paulo em Filipenses 2.14-15. Ali ele nos exorta a vivermos sem murmurações ou discussões, para que possamos brilhar como “estrelas no mundo”. É curioso que as duas palavras, murmurações e discussões, se referem a processos mentais interiores. Ou seja, ficar remoendo reclamações, dúvidas e entreter discussões mentais nos impede de refletirmos a luz de Cristo. O problema não é a queixa em si, muito menos o processo de questionamento ou mesmo dúvida. O problema indicado por Paulo é quando isso acontece em sua mente, sem buscar ajuda externa. Uma vez mais, se minha mente está cheia de dúvidas ou queixas, eu preciso de ajuda de quem tem conhecimento.

Ficar remoendo reclamações, dúvidas e entreter discussões mentais nos impede de refletirmos a luz de Cristo.

Além de líderes que possam nos orientar, Paulo indica diretamente a resposta no início do versículo 16: “Apegando-se firmemente à palavra da vida”. Uma vez mais, fica evidente o poder de um apego à Palavra conforme nos foi revelada. Propor-se a seguir a Jesus sem o apoio de líderes espirituais maduros e especialmente sem um apego à Palavra é como capturar cobras sem saber identificá-las. Quão grandes serão as suas trevas! 

Oro para que tanto eu como você renovemos nosso compromisso de ter nossos olhos treinados para continuar a transmitir luz para nossa vidas, para a glória do Pai.

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Daniel Lima (D.Min., Fuller Theological Seminary) serviu como pastor em igrejas locais por mais de 25 anos. Também formado em psicologia com mestrado em educação cristã, Daniel foi diretor acadêmico do Seminário Bíblico Palavra da Vida (SBPV) por cinco anos. É autor, preletor e tem exercido um ministério na formação e mentoreamento de pastores. Casado com Ana Paula há mais de 30 anos, tem quatro filhos, dois netos e vive no Rio Grande do Sul desde 1995. Ele estará presente no 25º Congresso Internacional Sobre a Palavra Profética, organizado pela Chamada.

Veja artigos do autor

Leia também

Mantendo um ritmo devocional em um mundo alucinado
Mantendo um ritmo devocional em um mundo alucinado
Daniel Lima
O que ajuda contra o medo?
O que ajuda contra o medo?
O papel do cristão como noiva
O papel do cristão como noiva
Jeff Kinley
Abraão e a Espera
Abraão e a Espera
Daniel Lima
Abraão e a Entrega
Abraão e a Entrega
Daniel Lima
Nossa Herança Familiar
Nossa Herança Familiar
Daniel Lima
Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Destaques

A Cronologia do Fim dos Tempos

R$43,90

Manual de Escatologia Chamada

R$79,90

Atos

R$119,90

Liderando Mulheres em Conflito

R$39,90

Receba o informativo da Chamada

Artigos Recentes