Atenas, Grécia (Quinta-feira, 25 de maio)

Daniel Lima

Compartilhe:  Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Foram horas de voo e horas de aeroportos. Ao mesmo tempo, foram horas de muita comunhão, muito tempo para conversar e experimentar comidas, bebidas, sons e cheiros novos. Ainda fico surpreso ao me ver em Atenas, a primeira parada da viagem a Israel da Chamada em 2023. Hoje fizemos um passeio à Acrópole de Atenas e ao famoso Partenon. Ao final, descemos e tivemos um tempo devocional no Areópago. Foi ali que Paulo realizou, a convite dos atenienses, seu famoso discurso sobre o Deus desconhecido (Atos 17.16-34).

Alguns indivíduos abençoados acolhem no coração a palavra apresentada e permitem que ela molde a sua vida.

Nesse discurso, Paulo introduz o evangelho usando de uma estratégia de comunicação que partiu da própria cultura grega. No entanto, no momento em que ele fala da ressurreição, esperança fundamental do evangelho, seus ouvintes se dividiram em suas reações (v. 32-34): 

“Quando ouviram sobre a ressurreição dos mortos, alguns deles zombaram, e outros disseram: ‘A esse respeito nós o ouviremos outra vez’. Com isso, Paulo retirou-se do meio deles. Alguns homens juntaram-se a ele e creram. Entre eles estava Dionísio, membro do Areópago, e também uma mulher chamada Dâmaris, e outros com eles.”

Assinante Plus

Fiquei refletindo sobre esse texto e compartilhei com os participantes desta viagem. Na versão Revista e Atualizada, o texto é marcado por três pronomes: uns zombaram, outros adiaram e alguns creram. Muito embora o texto descreva a reação diante da apresentação do evangelho, eu vejo um paralelo toda vez que Deus fala. Vejo essas três reações em pessoas que se dizem cristãs: (1) cegados por seus próprios conflitos, alguns se entregam à zombaria, não só rejeitando o que o Espírito está lhes dizendo como buscando elaboradas teorias que lhes permitam não se alinhar com a vontade de Deus. (2) Outros até reconhecem que é a Palavra de Deus, mas, diante das demandas e confrontações desta, preferem adiar, não lidar imediatamente com ela. Esta situação parece bem descrita em 1Timóteo 1.18-20. Por fim, (3) alguns indivíduos abençoados acolhem no coração a palavra apresentada e permitem que ela molde a sua vida.

Nossa viagem continua, mas minha oração é que eu e você façamos parte do terceiro grupo, aqueles que se juntaram a Paulo e creram em suas palavras.

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Daniel Lima (D.Min., Fuller Theological Seminary) serviu como pastor em igrejas locais por mais de 25 anos. Também formado em psicologia com mestrado em educação cristã, Daniel foi diretor acadêmico do Seminário Bíblico Palavra da Vida (SBPV) por cinco anos. É autor, preletor e tem exercido um ministério na formação e mentoreamento de pastores. Casado com Ana Paula há mais de 30 anos, tem quatro filhos, dois netos e vive no Rio Grande do Sul desde 1995. Ele estará presente no 25º Congresso Internacional Sobre a Palavra Profética, organizado pela Chamada.

Veja artigos do autor

Itens relacionados na livraria

Leia também

Como reagir às expectativas que as pessoas têm de mim
Como reagir às expectativas que as pessoas têm de mim
Daniel Lima
Ansiedade, Depressão e a Bíblia
Ansiedade, Depressão e a Bíblia
Daniel Lima
Gênesis 4–8: Causa e Efeito
Gênesis 4–8: Causa e Efeito
Ron J. Bigalke
Mentira, a Raiz do Pecado
Mentira, a Raiz do Pecado
Daniel Lima
Corinto, Grécia (Sexta-feira, 26 de maio)
Corinto, Grécia (Sexta-feira, 26 de maio)
Daniel Lima
Uma perspectiva do chamado de Deus
Uma perspectiva do chamado de Deus
Daniel Lima
Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Destaques

A Cronologia do Fim dos Tempos

R$39,90

Manual de Escatologia Chamada

R$79,90

Atos

R$119,90

Liderando Mulheres em Conflito

de R$39,90
por R$31,90

Receba o informativo da Chamada

Artigos Recentes