Todo Dia Com as Escrituras

Números 7:1-17 e 84-88 (leia aqui)

Esse longo capítulo ocupa-se das ofertas dos doze príncipes. A primeira: os seis carros cobertos e doze bois dados aos levitas nos falam da ajuda prática que podemos oferecer aos servos do Senhor para facilitar o trabalho deles: hospitalidade, meios de transporte etc. Estas ofertas feitas aos levitas, “a cada um segundo o seu serviço” (v. 5), asseguram-nos que o Senhor sempre providencia os meios para os Seus realizarem as tarefas que Ele lhes designou. Depois vêm as ofertas para a consagração do altar. Servir os irmãos e ajudá-los com coisas materiais não é tudo; pratos de prata, bacias de prata, recipientes de ouro em abundância nos falam das perfeições e da excelente fragrância de Cristo, correspondente à adoração dos verdadeiros adoradores. Os vários sacrifícios que também formam parte disso evocam os diferentes aspectos da obra da cruz. Mas por que Deus deu tanta ênfase a essas ofertas se tudo poderia ser resumido em um único parágrafo? Tomemos posse da seguinte verdade: Deus confere pleno valor ao que cada indivíduo oferta e não deixa de notar nada do que é feito para Ele. Portanto, não temamos a repetição, e tenhamos sempre em mente que o próprio Pai nunca se cansa de ouvir declarações sobre as glórias de Seu amado Filho.

Assinatura Digital

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Faça uma doação para o Ministério Chamada
Compartilhe: 
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança