Todo Dia Com as Escrituras

Levítico 24:1-23 (leia aqui)

Como temos visto, durante o ano havia ocasiões em que os filhos de Israel se reuniam para festas. Deles era exigido apenas que se apresentassem de tempos em tempos. Por outro lado, o serviço a favor deles jamais cessava. As lâmpadas eram mantidas acesas continuamente (v. 3). Quão bom é compreender que, mesmo quando estamos muito ocupados com as questões da vida diária para pensar no céu, mesmo quando nossa comunhão é interrompida, a luz de Cristo, o divino Candeeiro, jamais pára de brilhar com toda a sua intensidade. E sobre o que ela brilha? Sobre os doze pães dispostos na mesa, que representam o povo de Deus em sua totalidade, reunidos em perfeita ordem no santuário.

O episódio do blasfemador e seu castigo nos ensina que, apesar dessa posição privilegiada, a apostasia surgirá entre o povo e terá uma punição terrível. O “nome sobre todo nome” foi blasfemado quando o Filho de Deus que veio a este mundo foi insultado, rejeitado e crucificado. E será novamente no futuro quando o “homem da iniqüidade”, o anticristo, irá opor-se e exaltar-se contra tudo que se chama Deus. O Senhor Jesus o destruirá pelo brilho da manifestação de sua vinda (2 Tessalonicenses 2:4, 8).

Congresso 2020

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Compartilhe: 
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança