Hamas e a Jihad Islâmica dispararam 45 foguetes contra Israel na noite de terça

Amir Tsarfati - 22/06/2018

A IDF (Força de Defesa de Israel) realizou ataques aéreos na Faixa de Gaza na quarta-feira em retaliação aos 45 foguetes lançados contra Israel durante a noite anterior.

Dos 45 foguetes disparados, 6 caíram em áreas residenciais e 7 foram interceptados pelo Domo de Ferro. A maioria caiu em áreas abertas, mas houveram muitos relatos de danos por fragmentos. A IDF confirmou: “Na última noite, cerca de 45 foguetes foram disparados da Faixa de Gaza em direção a Israel. O Domo de Ferro interceptou sete destes foguetes, salvando vidas israelenses. Aproximadamente 3 foguetes caíram na própria Faixa de Gaza, demonstrando a completa falta de preocupação do Hamas com a população civil de Gaza”.

Quadro informativo sobre os ataques a Israel. Fonte: IDF.

A IDF confirmou que atacou 25 infraestruturas terroristas na Faixa em retaliação, divulgando a seguinte declaração: “Em resposta aos ataques de foguetes, jatos da IDF atacaram nesta manhã aproximadamente 25 alvos terroristas do Hamas na Faixa de Gaza. A IDF atacou alvos de complexos militares do Hamas e um campo de treinamento subterrâneo”.

Palestinos na Faixa de Gaza continuam a enviar pipas incendiárias em direção a Israel e começaram agora a enviar balões explosivos. O porta-voz da IDF relatou que “nos últimos 75 dias o Hamas enviou cerca de 700 pipas e balões incendiários em direção à população civil israelense. No processo, eles iniciaram mais de 400 incêndios e queimaram 6.100 acres de terra, ameaçando o suprimento de comida de Israel. No entanto, é mais do que isso. Estas pipas e balões custam milhões de dólares para Israel e poderiam ter custado muitas vidas também”.

O Hamas e a Jihad Islâmica assumiram, na quarta-feira pela manhã, a responsabilidade pelos ataques, declarando que eles têm assumido uma postura de “bombardear em resposta a bombardeios”. Eles declararam: “Não vamos permitir que o inimigo force equações agressivas contra nosso povo e a resistência”. Disseram ainda que “a liderança de Israel é inteiramente responsável por qualquer agressão e pagarão o preço...”, alertando que “qualquer tentativa de quebrar o protesto palestino vai fracassar”.

A IDF reiterou que fará todo o possível para defender o Estado de Israel, declarando em meio a relatórios falsos da mídia sobre a “agressão” israelense: “A IDF não busca agravar a situação, mas fará tudo o que estiver ao seu alcance para cumprir sua missão de defender a soberania e os civis israelenses”.

Amir Tsarfati nasceu em Israel. Após cumprir o serviço obrigatório nas Forças de Defesa de Israel, continuou como major reservista. Atua como guia turístico há mais de 20 anos, e serviu como um dos principais guias da Sar-El Tours. Em 2001, tornou-se fundador e presidente da Behold Israel (beholdisrael.org), uma organização sem fins lucrativos que fornece informações e notícias sobre Israel com um contexto da história e profecia bíblica.

Amir é casado com Miriam, e juntos eles têm quatro filhos. Sua casa tem vista para o vale de Megido (Armagedom), que é uma lembrança constante do chamado que o Senhor colocou sobre ele para ensinar, através da Bíblia, quais são os planos de Deus para o fim dos tempos.

Veja artigos do autor

Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança