O papel dos temporais em nossa vida

Stefan Yuri Wondracek

Compartilhe:  Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Quando as coisas estão tranquilas em nossa caminhada cristã, ficamos com a errônea sensação de que temos a vida sob controle. Mas Deus não nos deixa manter essa falsa ideia por muito tempo.

Às vezes, pergunto-me se realmente conheço a Deus. Nasci num lar cristão e tenho aprendido da Palavra desde então. Nasci de novo e sei que ele vive em mim. Contudo, é impressionante como tendo a não confiar nele! Isso acontece com você? Imagino que sim. No texto de Marcos 4.35-41 vemos que os discípulos também tinham essa dificuldade. Eles lutavam com a incredulidade mesmo caminhando ao lado de Jesus.

Marcos relata como um grande temporal se levantou enquanto Jesus atravessava de barco o mar da Galileia com seus discípulos, a ponto de o barco começar a encher de água. Jesus, no entanto, dormia. Os discípulos então o despertam, cheios de temor pelas suas vidas. Ele, por sua vez, ordena que os ventos e o mar se aquietem, o que realmente acontece.

O fato é que, quando as coisas estão tranquilas em nossa caminhada cristã, ficamos com a errônea sensação de que temos a vida sob controle e pensamos que precisamos menos de Deus. Mas Deus – que é cheio de amor, querendo nos trazer cada vez mais perto dele para que o conheçamos melhor – não nos deixa manter essa falsa ideia por muito tempo. Ele então manda uma tempestade que nos dá duas opções: tentamos com nosso próprio esforço tirar a água do barco e lutar sem esperança por nossa vida, ou, mesmo com medo, clamamos a Jesus e, numa faísca de fé, dizemos: “O senhor não se importa que pereçamos?” (versículo 38). Ah, e essa faísca abre a brecha para que o Senhor se apresente em todo o fogo do seu esplendor!

É no meio do temporal que temos nossa cegueira curada quanto à nossa limitação e incapacidade de controlar o mundo. Nessa condição miserável, quando estamos no pó, é que Deus se mostra em todo o seu perfeito caráter.

É no meio do temporal que temos nossa cegueira curada quanto à nossa limitação e incapacidade de controlar o mundo. Nessa condição miserável, quando estamos no pó, é que Deus se mostra em toda a sua glória, amor, poder, sabedoria – em todo o seu perfeito caráter.

Quando a água começar a entrar em seu barquinho, mesmo em meio ao medo, alegre-se! Está chegando o momento de conhecer melhor a Jesus e estreitar o seu relacionamento com ele. E aí você dirá, junto com os discípulos, cheio de alívio e assombro: “Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?” (versículo 41).

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Stefan Yuri Wondracek é formado em design gráfico pela Universidade Feevale e teologia pelo Instituto Bíblico Palavra da Vida Argentina. Concluiu uma especialização em aconselhamento bíblico pelo Seminário Bíblico Palavra da Vida (SBPV), em Atibaia/SP, em 2018. É casado com a Julia e pai do Artur, da Lara e da Débora Amira. Atualmente é obreiro na Igreja Batista Conde, em Porto Alegre/RS, servindo principalmente no pastoreio da nova geração e contribuindo no setor de comunicação.

Veja artigos do autor

Itens relacionados na livraria

Leia também

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Destaques

A Cronologia do Fim dos Tempos

R$43,90

Manual de Escatologia Chamada

R$79,90

Atos

R$119,90

Liderando Mulheres em Conflito

R$39,90

Receba o informativo da Chamada

Artigos Recentes