Todo Dia Com as Escrituras

2 Crônicas 19:1-11 (leia aqui)

A aliança fatal de Josafá com Israel lhe rendeu uma severa reprimenda por parte do Senhor. Jeú fez uma pergunta que esquadrinhava o coração do rei ao mesmo tempo que lhe ensinava o que Deus pensava de Acabe: “Devias tu ajudar ao perverso e amar aqueles que aborrecem o SENHOR?” (v. 2).

 Cristãos, não esqueçamos o terrível nome que a Palavra dá aos que amam o mundo: “inimigo de Deus” (Tiago 4:4).

Jeú foi corajoso, pois no reinado de Asa, Hanani, seu pai, havia sido preso por fazer coisa semelhante (16:7-10). No entanto, Josafá deu ouvidos à repreensão. Esse é o caminho para ser prudente e adquirir entendimento (Provérbios 15:5, 32). Aceitemos as admoestações e observações que são feitas sobre nós, a fim de que elas produzam o mesmo resultado em nossa vida.

Ao contrário de Asa, seu pai, que não se permitiu ser restaurado, Josafá atravessou esse período negro e foi capaz de se levantar de onde havia caído, voltando às boas obras do capítulo 17. Desta vez, não contente em apenas enviar os príncipes, ele mesmo se coloca em meio ao povo. E, como verdadeiro pastor de Israel, ele os convoca para voltar ao Senhor (v. 4). Depois disso, designa juízes e lhes dá instruções bastante enfáticas.

Curso online

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança