Todo Dia Com as Escrituras

Gênesis 36:1-28 (leia aqui)

A família de Jacó está agora completa com o nascimento de Benjamim (35:24). Mas paralelamente a família de Esaú também está prosperando. Inclui numerosos príncipes como também reis (vv. 15-19). Alguns jovens estão ávidos por se tornarem líderes, mas quanto é melhor obedecer ao Senhor e servir os Seus do que ter autoridade sobre um grande número de pessoas. O Senhor ensina este princípio a Seus discípulos: "Sabeis que os julgam ser príncipes das gentes delas se assenhoreiam, e os seus grandes usam de autoridade sobre; elas mas entre vós não será assim; antes… qualquer que, dentre vós, quiser ser o primeiro será servo de todos" (Marcos 10:42-44).

Entre os poderosos mencionados neste capítulo, um deles "achou as caldas no deserto", uma figura de todas as decepções deste mundo e daquilo que nunca saciará a sede de alguém (v. 24). Outro, Amaleque, se tornaria um dos mais encarniçados inimigos de Israel, e com o qual o povo terá de lidar durante toda a sua história.

O final do versículo 8 nos recorda que Esaú é Edom! O nome de Jacó, o enganador, fora mudado para Israel, que quer dizer o príncipe de Deus, enquanto o nome de Esaú fora mudado para Edom (25:30), o qual significa "vermelho". Que terrível ironia! Este homem e seus descendentes, de geração em geração, foram condenados a levar o nome de um prato de comida pelo qual ele trocou a sua bênção.

Islamismo em Foco

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Compartilhe: 
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança