Todo Dia Com Paz

Sexta, 08 De Novembro

Que farei então de Jesus, chamado Cristo?

Mateus 27:22

O QUE VOCÊ FARÁ COM JESUS CRISTO?

Essa pergunta é tão importante hoje como nos dias quando o governador romano Pilatos formulou-a. Ele respondeu à mesma, ao seu próprio modo, ordenando que Jesus Cristo fosse crucificado, apesar de nenhuma acusação ter sido provada contra Ele.

Pilatos certamente deve ter se lembrado daquele dia em outra ocasião. É certo que Pilatos tinha ouvido que Jesus de Nazaré tinha feito apenas o bem para o povo, curando a muitos, em Sua jornada pela terra. Também percebeu que os líderes religiosos do povo, os sumo sacerdotes, estavam acusando a Jesus Cristo por pura inveja. Enquanto ele estava ocupado com o caso, recebeu uma mensagem de advertência vinda de sua esposa: “Não entres na questão desse justo” (Mateus 27:19).

Pilatos estava bem informado, tanto como governador quanto como juiz, como deveria ser. Ele não encontrou nenhuma culpa naquele Homem. No entanto, ele condenou o inocente. Não foi mesmo uma grande injustiça que ele ordenou que o Senhor Jesus fosse chicoteado? Pelo menos ele tentou libertar a Cristo, como era o costume durante a festa da Páscoa. Que o povo exigiria a libertação do assassino Barrabás era algo que ele não podia ter antecipado.

“Que farei de Jesus?” Com esta pergunta ele deixou o julgamento para o povo, para que pudesse lavar suas próprias mãos em inocência e exclamar: “Estou inocente do sangue deste justo” (Mateus 27:24).

  Pilatos cedeu às exigências da turba, e decidiu contra Jesus Cristo. E você? Ouça a verdade e decida a favor do Filho de Deus.

Compartilhe: 
Islamismo em Foco

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança