Todo Dia Com Paz

SÁBADO 13 Janeiro

Quem abrir uma cova, nela cairá, e quem romper um muro, uma cobra o morderá.

(Eclesiastes 10:8)

Meditações Sobre O Livro de Jó (leia Jó 1:13-22)

Até esse momento, o Senhor havia cercado Seu servo Jó com uma sebe, que significa cerca viva (v. 10). Da mesma maneira, uma barreira invisível protege os crentes tanto contra os ataques externos quanto contra a tendência deles de deixarem o lugar da bênção. As crianças cristãs, por exemplo, são guardadas pela cuidadosa autoridade de seus pais e limitadas pelos ensinos que ouvem nas reuniões. Que jamais elas possam deliberadamente ultrapassar essa barreira (Eclesiastes 10:8)!

Satanás obteve permissão para agir (Lucas 22:31). Ele escolheu um dia favorável e, com uma urgência que enfatiza seu ódio, atacou o pobre Jó quatro vezes em um curtíssimo espaço de tempo. Em um instante, o patriarca, sem nem mesmo ter tempo de respirar (9:18), é despojado de todos os seus bens e de seus dez filhos. Em meio a essa tormenta, ele não é abalado, demonstrando que a confiança dele não descansava nas coisas boas que recebera, mas nAquele que as havia dado. “Porventura, Jó debalde teme a Deus?” (v. 9), o diabo insinuou. Por meio da graça, Jó prova que o inimigo estava errado; mesmo quando não restara mais nada, ele continuou temendo a Deus. Satanás havia declarado: “Verás se [Jó] não blasfema contra ti na tua face” (v. 11).

“Bendito seja o nome do Senhor!” clama Jó quando tudo foi tomado dele (v. 21).

Agora Vejo

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança