A estratégia de Satanás contra a igreja

Lothar Gassmann

Mas ai da terra e do mar, pois o Diabo desceu até vocês! Ele está cheio de fúria, pois sabe que lhe resta pouco tempo.” (Apocalipse 12.12)

Desde que existem os cristãos, eles se encontram sob ataques em um mundo hostil a Deus. Sofrer pelo nome de Jesus faz parte da vida de um cristão. Nas últimas décadas, no entanto, os ataques se intensificaram muito. A cada ano surgem falsos profetas. Nossa sociedade está cada vez mais ímpia. A incredulidade e a falta de amor estão dominando. Quer seja aberta ou veladamente, os cristãos são atacados, isolados ou ridicularizados. Os ataques à igreja de Jesus, aos cristãos renascidos por meio do Espírito de Deus (João 3.5,16), aumentaram em frequência e em severidade. Pelo visto, o versículo acima está se cumprindo.

O Diabo aplica uma estratégia dupla para combater a igreja: primeiramente, uma pressão externa maciça e até mesmo uma perseguição sangrenta; e, onde isso não produz o efeito desejado, ele recorre à armadilha da infiltração e sedução. Qual é a mais perigosa? Sedução! A perseguição unifica a igreja, ela compacta os que são verdadeiramente cristãos. A sedução, no entanto, os divide. A perseguição revela os que são autênticos. A sedução faz difundir a falsidade como se fosse um tumor e corrói a igreja internamente. Desse modo já foram destruídas muitas igrejas! Não é à toa que a Palavra de Deus nos exorta a eliminar o velho fermento do pecado (ler 1Coríntios 5) – tanto da igreja como de nossa própria vida. Foi para isso que o Filho de Deus veio. Somos gratos a ele!

O homem perde o rumo.
A antiga lei não vale mais.
Todos têm seu bezerro de ouro.
A morte e o caos são vencedores.
E você: você não consegue ouvir
o brado da esperança neste caos?

O homem perde a cabeça.
A antiga lei não vale mais.
Diverte-se como criança na festa –
Lá fora, porém, ruge a tormenta.
E você: você não consegue ouvir
o brado da esperança neste caos?

O homem perde a si mesmo.
A antiga lei não vale mais.
O medo está no coração das massas.
Elas sabem que o navio vai afundar.
E você: você não consegue ouvir
o brado da esperança neste caos?
O brado de Jesus no Gólgota!

Compartilhe: 

Lothar Gassmann nasceu em 1958 na cidade alemã de Pforzheim. É pregador, professor, evangelista e publicista. Escreveu numerosos livros, artigos e canções na área teológica. Desde 2009, é colaborador do Serviço das Igrejas Cristãs (CGD, na sigla original) e editor da revista trimestral Der schmale Weg [O Caminho Estreito]. Completou seu doutorado em teologia em 1992, na Universidade de Tubinga, na Alemanha.

Veja artigos do autor

Todos os textos da série

Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança