A escolha de um vaso vivo

Lothar Gassmann

Acaso o barro pode dizer ao oleiro: ‘O que você está fazendo?’” (Isaías 45.9b)

Como o homem é um ser vivo, ele também tem a oportunidade de tornar-se independente de Deus, ou – falando figuradamente – livrar-se das mãos do oleiro. Uma vasilha de argila nunca poderia fazê-lo. O ser humano, porém, se afasta de seu Criador e fica zangado com ele. Ele discorda de Deus e não compreende os seus planos, ou não quer compreendê-los. Ele acha que sabe mais do que o Criador que o formou e se rebela. A Bíblia chama a isso de “pecado”. “... você me pergunta sobre meus filhos, ou me dá ordens sobre o trabalho de minhas mãos?” (Isaías 45.11). É isso que Deus pergunta a quem o acusa. E Deus continua dizendo: “Fui eu que fiz a terra e nela criei a humanidade. Minhas próprias mãos estenderam os céus; eu dispus o seu exército de estrelas” (Isaías 45.12). Deus é o onipotente Criador do mundo. Não devemos acusar, mas adorá-lo. Nós somos apenas cacos terrenos quebrados que foram montados para formar criaturas extraordinárias. Isso não é uma realização humana própria, mas é a maravilhosa obra de Deus.

Ao céu seus pensamentos o fazem voar,
a realidade, ó tolo, para baixo lhe arrasta!
Por quanto tempo ainda insiste em se enganar?
Seja sensato: pois de ilusões já basta!

Em suas ilusões, felicidade você procura ganhar
em riquezas, fama, prestígio e persuasão.
Então o seu esforço para bem longe vai lhe levar
Afastando do próximo o seu ativo coração.

Compartilhe: 

Lothar Gassmann nasceu em 1958 na cidade alemã de Pforzheim. É pregador, professor, evangelista e publicista. Escreveu numerosos livros, artigos e canções na área teológica. Desde 2009, é colaborador do Serviço das Igrejas Cristãs (CGD, na sigla original) e editor da revista trimestral Der schmale Weg [O Caminho Estreito]. Completou seu doutorado em teologia em 1992, na Universidade de Tubinga, na Alemanha.

Veja artigos do autor

Todos os textos da série

Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança