A Tragédia de Um Devoto a Deus: Lições da vida de Sansão

Compartilhe:  Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

O que nos move é a tragédia de tantas pessoas que foram consagradas a Deus; pessoas que, por meio do pecado, perderam o que Deus tem de melhor, instrumentos nas mãos de Deus que ele precisou descartar. Há um caminho de retorno para tais pessoas desqualificadas? Juízes 16 relata o naufrágio de Sansão e seu caminho de volta para o Senhor.

Ele o declarou diante de Dalila, em Juízes 16.17 (NVT): “... fui consagrado a Deus...”. Permita-me dizer algo: você também é uma pessoa consagrada a Deus. De uma maneira ou de outra, você pertence a Deus. Ele tem pleno direito de propriedade sobre você, pois ele lhe comprou (1Coríntios 6.20; 7.23; 1Pedro 1.18-19). Desse modo você está na mesma situação de Sansão, pois Deus diz: “... você é meu” (Isaías 43.1).

Desde a mais tenra idade Sansão era abençoado pelo Senhor. “Ele cresceu, e o Senhor o abençoou” (Juízes 13.24). Você também é uma pessoa abençoada? De qualquer modo, você está sob a promessa divina: “... o abençoarei” (Gênesis 12.2). Você recebe a bênção do Senhor – mas a recebe na medida plena somente se ele puder dispor do seu direito de propriedade sobre você. A tragédia de muitas pessoas consagradas a Deus começa pelo fato de que elas, por meio de sua desobediência, privam o Senhor do seu direito de propriedade. “Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam” (João 1.11). A causa da falta de bênção em sua vida é que ele não dispõe do direito, mas somente você dispõe dele.

Não há limites para aquilo que o Senhor pode fazer na vida de uma pessoa quando o Espírito de Deus se dispõe a guiá-la.

Sansão era movido pelo Espírito de Deus. Podemos ver um início promissor na vida desse homem. “E o Espírito do Senhor começou a agir nele...” (Juízes 13.25). Isso não é um sinal marcante para todo filho de Deus? “Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus” (Romanos 8.14). Não há limites para aquilo que o Senhor pode fazer na vida de uma pessoa quando o Espírito de Deus se dispõe a guiá-la.

Assim, Sansão teve grande força para vencer, como também grande fraqueza.

A vitória: “Encontrando a carcaça de um jumento, pegou a queixada e com ela matou mil homens. Disse ele então: ‘Com uma queixada de jumento fiz deles montões. Com uma queixada de jumento matei mil homens’” (Juízes 15.15-16).

A fraqueza: “Sansão estava com muita sede e clamou ao Senhor: ‘Deste pela mão de teu servo esta grande vitória. Morrerei eu agora de sede para cair nas mãos dos incircuncisos?’” (Juízes 15.18).

Por que acontecem esses dois extremos: após a maior vitória segue a maior miséria? Resposta: porque Sansão não obteve vitória dentro da vitória. No sentimento de poder da recente vitória ele exclamou: “Com uma queixada de jumento fiz dele montões” (verso 16a). – Filho(a) de Deus, você conhece este paradoxo de vitória e fraqueza em sua vida? É o Senhor que pretende lhe libertar dessa ilusão do “eu”. Em sua fraqueza, Sansão foi trazido de volta para o ponto correto. No versículo 16b ele afirmou: “Com uma queixada de jumento matei mil homens”. Porém, quando ele estava abatido pela sede, exclamou: “Deste pela mão de teu servo esta grande vitória” (verso 18).

Quando você se sentir fraco e infeliz, então soletre calmamente as palavras de 2Coríntios 12.9-10: “Mas ele me disse: ‘Minha graça é suficiente a você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza’. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco, é que sou forte”.

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Wim Malgo (1922-1992) nasceu em Maassluis, Holanda. Formou-se no Instituto Bíblico Beatenberg, na Suíça. Fundou a Obra Missionária Chamada da Meia-Noite na Suíça em 1955. Autor de mais de 40 livros, durante décadas suas mensagens bíblicas, proféticas e de santificação, profundas e atuais, transmitiram uma visão clara do plano de Deus e ajudaram inúmeras pessoas em sua vida de fé.

Veja artigos do autor

Itens relacionados na livraria

Teologia e Humildade

Teologia e Humildade

Daniel Lima

Assim como muitos cristãos fazem hoje em dia, a igreja de Éfeso preocupava-se em defender a fé cristã, mas ela havia abandonado “o primeiro amor”. O que nos leva a defender nossas posições teológicas de maneira a ofender, ridicularizar, diminuir ou fazer piada de quem pensa diferente?

Fé Como Um Grão de Mostarda

Fé Como Um Grão de Mostarda

Marcel Malgo

Será que, às vezes, não imaginamos algo errado quando pensamos na fé que precisamos ter para viver como cristãos verdadeiros?

Vivendo no mundo sem ser do mundo

Vivendo no mundo sem ser do mundo

Daniel Lima

De que forma os cristãos devem se posicionar diante de acontecimentos como o recente lançamento de uma sátira brasileira ao cristianismo?

Espera: quando o desejo demora...

Espera: quando o desejo demora...

Daniel Lima

Todas as pessoas enfrentarão períodos de espera, e talvez a reação humana mais comum é perguntar-se se há algo que possa ser feito para que a esperança se cumpra logo. O que a Bíblia tem a nos dizer sobre isso?

Famosos ou Importantes?

Famosos ou Importantes?

Daniel Lima

Na Bíblia vemos várias pessoas importantes no plano de Deus, mas que não atingiram a fama. Olhando para a vida de Barnabé como exemplo, o que devemos buscar?

O papel do cristão como noiva

O papel do cristão como noiva

Jeff Kinley

O Novo Testamento está cheio de verdades e ensinos para nos manter ocupados enquanto esperamos o retorno de Jesus. Como sua noiva, isso deveria nos motivar a estar pronto.

NÃO DEIXE A OPORTUNIDADE PASSAR
Boa Semente 2021

NÃO DEIXE A OPORTUNIDADE PASSAR

E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo. (João 14:3)

17 de Setembro
Pérolas Diárias

17 de Setembro

"Eu vim para lançar fogo sobre a terra e bem quisera que já estivesse a arder." Lucas 12.49