O Segredo: Lições da vida de Elias

Wim Malgo

Compartilhe:  Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

No Antigo Testamento lemos sobre cinco tipos de sacrifícios (Levítico 1–5): oferta pela culpa, pelo pecado, pela paz, de holocausto e de cereal. Os primeiros quatro eram ofertas de sangue; o quinto, ao contrário, não continha sangue, pois a oferta de cereal é uma magnífica imagem para a vida santa e imaculada de Jesus. Nosso Senhor Jesus não precisava de sangue de reconciliação para si mesmo, pois ele pôde dizer: “Qual de vocês pode me acusar de algum pecado?” (João 8.46).

Um componente da oferta de cereais é a farinha, a farinha de trigo, o pão. Essa farinha serve de imagem para o ser íntimo de Jesus. A farinha tem um aspecto de maciez, pois a dureza foi eliminada. Os grãos duros do trigo foram triturados no moinho, foram moídos. Com esse processo produtivo tudo se torna “harmonizado”. É uma figura para Jesus Cristo, no qual não havia nenhum temperamento duro. Ele nunca se impôs com aspereza, mas disse: “... aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração” (Mateus 11.29). É por isso que Jesus não tinha distúrbios do ego. Ele não era orgulhoso e nem sofria do complexo de inferioridade. Ele era perfeitamente equilibrado, e Deus quer que você também seja assim como o seu Filho é. Ele tem um objetivo bem determinado para aqueles que seguem a Jesus de todo o coração, isto é, “para serem conformes à imagem de seu Filho” (Romanos 8.29).

Assim, devemos nos tornar iguais a ele e aprender dele. Esse aprendizado, porém, é dolorido, imensamente dolorido, pois somos colocados no moinho e iniciamos o processo de moagem. Muitas vezes eu ouvi filhos de Deus se queixando sobre seus vizinhos maus, sobre familiares, até mesmo sobre seu próprio cônjuge. E muitas vezes precisei responder que aquelas pessoas “más” eram muito necessárias na vida deles, pois ainda havia muita dureza em sua visão e em seu ser, e assim havia pouca coisa visível de Jesus em sua vida – isto é, ainda não havia farinha! Cada filho de Deus deveria ser grato a Deus pelas pessoas difíceis e injustas que ele coloca em seu caminho, para que assim ela seja transformada de acordo com a imagem de Jesus.

A farinha tem um aspecto de maciez, pois a dureza foi eliminada. É uma figura para Jesus Cristo, no qual não havia nenhum temperamento duro.

Ame com o maior cuidado aqueles que mais o oprimem, pois estes fazem aquilo que você não consegue fazer por si mesmo. Eles são instrumentos na mão de Deus, são as pedras do moinho que moem toda a dureza da sua vida. Isso é dolorido, mas é de vital importância. Não é à toa que a Bíblia nos exorta tantas vezes e tão seriamente quanto à nossa santificação. Estagnação na fé sempre significa retrocesso. A Bíblia diz claramente: “Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor” (Hebreus 12.14).

Quando Deus fala em sua Palavra, ele o faz com chocante seriedade. Deus não é justo apenas para o pecador, mas também para o crente. Aquele que aqui escolhe o caminho mais tranquilo, com menos resistência, no outro lado certamente se assustará, pois Deus não faz acepção de pessoas. Aquele que aqui não se dispõe a seguir o caminho de Jesus, o caminho da cruz, nunca poderá entrar para a glória. “O caminho da cruz conduz ao lar”, e somente por meio da cruz.

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Wim Malgo (1922-1992) nasceu em Maassluis, Holanda. Formou-se no Instituto Bíblico Beatenberg, na Suíça. Fundou a Obra Missionária Chamada da Meia-Noite na Suíça em 1955. Autor de mais de 40 livros, durante décadas suas mensagens bíblicas, proféticas e de santificação, profundas e atuais, transmitiram uma visão clara do plano de Deus e ajudaram inúmeras pessoas em sua vida de fé.

Veja artigos do autor

Itens relacionados na livraria

Teologia e Humildade

Teologia e Humildade

Daniel Lima

Assim como muitos cristãos fazem hoje em dia, a igreja de Éfeso preocupava-se em defender a fé cristã, mas ela havia abandonado “o primeiro amor”. O que nos leva a defender nossas posições teológicas de maneira a ofender, ridicularizar, diminuir ou fazer piada de quem pensa diferente?

Oportunidades perdidas

Oportunidades perdidas

Daniel Lima

Ao longo da vida, aproveitamos e deixamos de aproveitar inúmeras oportunidades, tanto boas quanto ruins. Como entender oportunidades que “quase” acontecem? Será que simplesmente não eram da vontade de Deus?

E Jesus Estava... Dormindo

E Jesus Estava... Dormindo

Marcel Malgo

Às vezes parece que nosso Senhor se esconde de nós, mas o Pai celestial nunca perde de vista Seus filhos. Ele está sempre conosco.

O Centro é o Que Importa

O Centro é o Que Importa

Norbert Lieth

Quem faz de Jesus o regente da sua vida, estará do lado seguro – agora e na eternidade.

Devo ser equilibrado ou centrado?

Devo ser equilibrado ou centrado?

Daniel Lima

Passamos a vida tentando alcançar o equilíbrio entre nossas diferentes prioridades e tarefas. Contudo, nosso alvo precisa ser diferente. Precisamos buscar uma vida centralizada em Cristo.

Seja Cheio do Espírito

Seja Cheio do Espírito

William MacDonald

Para muitos, ser cheio do Espírito Santo é um assunto vago e místico. Não admira que os cristãos sejam confusos quanto a esse assunto.

CONFIANDO NA PALAVRA DE DEUS
Boa Semente 2021

CONFIANDO NA PALAVRA DE DEUS

O castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. (Isaías 53:5)

7 de Maio
Pérolas Diárias

7 de Maio

"E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro." 1 João 3.3