O Segredo: Lições da vida de Elias

Compartilhe:  Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Agora, após ser colocada a farinha, o azeite é acrescentado. Por favor, observe a sequência: não se põe primeiro o azeite e depois a farinha, mas, primeiramente a farinha e então o azeite! “A farinha na vasilha não se acabará e o azeite na botija não se secará...” (1Reis 17.14). Na Bíblia, o azeite é uma figura para o Espírito Santo (Mateus 25.1-13) – Você somente estará cheio do Espírito Santo (“o azeite na botija não se secará”) se estiver disposto a se tornar farinha!

Se nós, crentes, estivermos dispostos a andar pelo caminho da cruz na prática, então também vivenciaremos a promessa de Deus com relação ao Espírito Santo! Farinha e azeite! Aquele que permite ser interiormente moído e quebrantado consegue ficar cheio do Espírito Santo. Sem quebrantamento não há vitória, sem fraqueza não há poder, sem pobreza não há riqueza, sem vazio não há plenitude! Ouve-se muito falar em “fogo do Espírito Santo”, mas a maioria não sabe o que isso significa.

O azeite é uma figura para o Espírito Santo.

Quando Jesus foi batizado, como o Espírito Santo veio sobre ele? Em forma de pomba (Mateus 3.16). A pomba significa “paz”. Como o Espírito Santo veio sobre os discípulos, no dia de Pentecoste? Em forma de línguas de fogo (Atos 2.3). Fogo significa “condenação”. O mesmo Espírito “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16.8). Consequentemente, somos julgados de forma cada vez mais profunda. O “tornar-se farinha” e o encher-se com o Espírito Santo estão inseparavelmente interligados. Nessa condição não sentimos nenhuma força própria, mas apenas a sensação de fraqueza e miséria. No entanto, os que são fracos, os que não são nada, estes são os recipientes preparados para o Espírito Santo. Também são somente estes os que são cheios do Espírito Santo.

Compartilhe:   Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Facebook

Wim Malgo (1922-1992) nasceu em Maassluis, Holanda. Formou-se no Instituto Bíblico Beatenberg, na Suíça. Fundou a Obra Missionária Chamada da Meia-Noite na Suíça em 1955. Autor de mais de 40 livros, durante décadas suas mensagens bíblicas, proféticas e de santificação, profundas e atuais, transmitiram uma visão clara do plano de Deus e ajudaram inúmeras pessoas em sua vida de fé.

Veja artigos do autor

Itens relacionados na livraria

Paulo — O Homem dos  Superlativos

Paulo — O Homem dos Superlativos

Werner Gitt

Paulo firmou sua vida em Jesus, alinhou-se com Ele e O seguiu até o fim. Veja como esse homem se destacou em 10 superlativos.

A Lei Mosaica e Seu Significado Atual

A Lei Mosaica e Seu Significado Atual

Samuel Rindlisbacher

Cristãos renascidos precisam obedecer à Lei de Moisés ou estão dispensados de cumpri-la?

Novos voos

Novos voos

Daniel Lima

Fomos conquistados para estarmos eternamente em comunhão com Deus. Este é nosso chamado celestial em Cristo Jesus. Por que, então, com frequência nos prendemos àquilo que ficou para trás?

A Consciência - O Acusador Divino

A Consciência - O Acusador Divino

Norbert Lieth

A consciência não é um órgão físico que se pode ver, operar ou transplantar, mas mesmo assim ela existe e está presente na vida de cada um de nós. De onde vem essa "voz interior"?

O Princípio de Mordecai

O Princípio de Mordecai

Thomas Lachenmaier

Mordecai, homem fiel a Deus e que é mencionado no livro de Ester, não dobrava seus joelhos diante de ninguém, exceto diante de Deus.

O Grande Mandamento

O Grande Mandamento

Daniel Lima

Respondendo à pergunta dos fariseus, Jesus Cristo nos transmite o Grande Mandamento que deve nortear nosso crescimento (ou falta dele) na caminhada cristã. Qual é ele?

PARA ONDE OS CAMINHOS NOS LEVAM
Boa Semente 2021

PARA ONDE OS CAMINHOS NOS LEVAM

Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida. (João 14:6)

15 de Janeiro
Pérolas Diárias

15 de Janeiro

"Irão vossos irmãos à guerra, e ficareis vós aqui?" (Números 32.6)