Todo Dia Com Jesus

Gálatas 2:1-10

O relato que Paulo nos faz das circunstâncias de seu apostolado completa aquilo que sabemos dele do livro de Atos. Quando o Senhor confiou a Pedro a pregação do Evangelho aos judeus, Ele escolheu Paulo para pregar o mesmo Evangelho aos gentios (v. 8). O seu encontro com os demais apóstolos não podia anular um chamado recebido do Senhor. Contudo, Paulo levou tão a sério a recomendação que eles lhe fizeram de lembrar-se dos pobres que isto chegou a ser, indiretamente, o motivo de seu encarceramento em Jerusalém (Atos 24:17). O que aprendemos dessas relações dos apóstolos entre si? Que devemos estimar o serviço dos demais e cuidar para não irmos além do nosso, senão cumpri-lo sem desfalecer e sem fazer acepção de pessoas (v. 6).

O livro de Atos confirma o quanto foi difícil para os primeiros cristãos de origem judaica se desligarem dos mandamentos: circuncisão e observância da lei. Foi realizada uma conferência em Jerusalém para tratar dessas questões (Atos 15). Mas Satanás não renuncia prontamente a uma arma da qual já se valeu com algum sucesso. Por sua vez, os gálatas, embora não sendo judeus, haviam caído nessa armadilha, e Paulo se esforça em mostrar-lhes o terrível perigo que isso envolvia.

Assinante Plus

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança