Todo Dia Com Jesus

2 Coríntios 5:11-21

O apóstolo Paulo desejava ardentemente a glória celestial (v. 2), mas, enquanto esperava por ela, com o mesmo ardor procurava ser agradável ao Senhor (v. 9). Não vivia mais para si mesmo; com o corpo e com a alma, ele era escravo de Cristo, que por ele morreu e ressuscitou (v. 15). O Senhor o havia chamado - bem como a todo o redimido - para ocupar uma altíssima função: a de embaixador do soberano Deus, a fim de oferecer, da parte dEle, a reconciliação ao mundo. No intuito de cumprir essa missão e persuadir os homens, duas grandes razões impulsionavam o apóstolo: a consciência do juízo, pois ele conhecia o temor devido ao Senhor (v. 11); e o amor de Cristo pelos homens, amor sem o qual o mais eloqüente dos pregadores não é mais do que o bronze que ressoa (v. 14; 1 Coríntios 13:1).

Em que consiste a mensagem da reconciliação? Cristo, o único homem sem pecado, foi identificado na cruz com o próprio pecado, a fim de expiá-lo. Assim, pela graça, Deus anulou o pecado que nos separava dEle (v. 21). "As cousas antigas já passaram." Deus não as conserta. Ele se agrada em fazê-las novas, sim, em fazer de cada crente uma nova criatura (v. 17). Mas, antes de tudo, você está reconciliado com Ele?

Compartilhe: 
Boa Semente 2020

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança