Todo Dia Com Jesus

João 12:1-19

Os diferentes aspectos da adoração são representados na tocante cena descrita nos versículos 1-3. Vemos a presença do Senhor, a comunhão, o testemunho, o santo serviço e o louvor. Não se trata de uma festa em honra a Lázaro; o Senhor Jesus é o centro dessa festa: "Deram-Lhe, pois, ali, uma ceia". A única qualificação de Lázaro para estar à mesa com Ele é a de um homem morto que recebeu nova vida (o que é o caso de todos os redimidos). Não nos é comunicado o que esse homem diz ou faz; a sua presença ali é suficiente para mostrar o que o Senhor fez por ele. Marta serve; desta vez a sua atividade é perfeitamente adequada, em contraste com Lucas 10:40. Por fim, Maria, que derrama o "mui precioso" perfume, o qual toca o coração do Salvador e também enche toda a casa. Essa é uma figura da adoração que os redimidos gratamente expressam quando se reúnem. O descrente só tem menosprezo para com essa adoração - basicamente porque honra a outro deus: o dinheiro (v. 6).

O versículo 10 mostra como Lázaro é também objeto do ódio dos homens contra o Senhor Jesus.

Logo temos uma descrição da entrada triunfal do Rei de Israel em Sua cidade de Jerusalém. Porém a reputação que o precede é transitória, e se deve basicamente ao grande milagre que havia realizado.

Compartilhe: 
Islamismo em Foco

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança