Todo Dia Com Jesus

Lucas 20:19-40

À traiçoeira pergunta desses "agentes secretos" o Senhor Jesus responde, como de costume, falando às suas consciências. Devemos dar a cada um o que lhe é devido, e, acima de tudo, obediência e honra a Deus (Romanos 13:7).

Quanto aos saduceus, o Senhor lhes prova a realidade da ressurreição simplesmente pela menção do título que Deus dá a Si mesmo: "O Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó" (v. 37; Êxodo 3:6). Quando o Senhor falou dessa maneira a Moisés, já fazia muito tempo que esses patriarcas haviam deixado a Terra. Contudo, Ele continuou declarando ser o "Deus deles". Para Ele, portanto, suas almas ainda estavam vivas e haveriam de ressuscitar. Esses homens de fé tinham colocado o olhar nas "coisas prometidas" para além da vida presente e mostraram que as esperavam com certeza. "Por isso" - enfatiza o escritor - "Deus não se envergonha deles, de ser chamado o seu Deus" (Hebreus 11:13-16).

Crentes, também nós nos dediquemos a mostrar aos que estão ao nosso derredor que temos uma esperança viva!

Os fariseus e os saduceus são típicos representantes de duas tendências religiosas que em todos os tempos estiveram presentes: de um lado, o formalismo legalista (o apego às tradições), e, do outro, o racionalismo (ou o modernismo) que lança dúvida à Palavra de Deus e às suas verdades fundamentais.

Compartilhe: 
Guia Para Cristãos Desanimados

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança