Todo Dia Com Jesus

Lucas 15:11-32

A parábola do filho pródigo nos apresenta um rapaz que considera seu pai um empecilho à sua felicidade e que parte para longe de sua presença, a consumir dissolutamente tudo o que havia recebido dele. Logo o vemos numa terra distante reduzido à pior desgraça, à absoluta miséria. Cada um de nós já enxergou a sua própria história nesta parábola? Queira Deus que a nossa acabe da mesma maneira! Sob o peso de sua miséria, o pródigo cai em si, lembra-se dos recursos da casa paterna, levanta-se e toma o caminho de regresso ao lar... Na parte final, vemos o pai saindo apressadamente ao encontro do filho, seus braços abertos, seus beijos, a confissão do filho e o pleno perdão do pai, que troca os seus farrapos pela melhor roupa.

Querido amigo, se você reconhece a sua miséria moral, este quadro mostra o que o coração de Deus deseja fazer por você. Não tema ir a Ele. Você será recebido como o foi esse filho.

O pai infelizmente não pôde compartilhar o seu gozo com todos. O irmão mais velho, que não teria hesitado em fazer banquetes com seus amigos enquanto seu irmão se encontrava perdido, recusa tomar parte na festa. Esta é uma figura do povo judeu, arraigado em seu legalismo, mas também é figura de todos os que confiam em sua própria justiça e que fecham seu coração à graça de Deus.

Curso online

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança