Todo Dia Com Jesus

Mateus 15:21-39

O Senhor Jesus visitava a região de Tiro e Sidom. Essas cidades pagãs, como Ele mesmo declarou, eram menos culpadas que as da Galiléia, onde Ele havia realizado a maioria de Seus milagres (11:21-22). Porém não tinham nenhuma parte nas bênçãos do "Filho de Davi" (v. 22); eram estranhas às alianças da promessa (Efésios 2:12). O Senhor, aparentemente com palavras severas, começa por enfatizar isso à pobre mulher cananéia que suplica por sua filha. Essa mulher reconhece sua própria indignidade. Quando tomamos o lugar apropriado perante Deus, a "graça" pode brilhar com todo o seu esplendor. De fato, se o homem tivesse o menor direito ou mérito, não seria graça, mas, sim, algo devido. Para avaliar ainda melhor a imensidão desta graça para conosco, não esqueçamos nunca nossa miséria e nossa indignidade diante de Deus.

Logo depois, o Senhor se volta a Seu povo. Conforme o Salmo 132:15, Ele abençoa abundantemente o seu mantimento e farta os pobres de pão. E o que o impele a agir, tanto no segundo milagre como no primeiro, é a compaixão (v. 32; cap. 14:14).

Compartilhe: 
Islamismo em Foco

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança