Congresso Profético

O nome dos crentes pode ser apagado do Livro da Vida?

Mark Hitchcock

Pergunta: Muitas pessoas dizem que Apocalipse 3.5 afirma que o verdadeiro crente pode perder sua salvação. Como este versículo é ajustado com o que outras passagens dizem sobre a eterna segurança do crente?

Em Apocalipse 3.5, Jesus estava falando à igreja em Sardes. Disse Ele: “O vencedor será igualmente vestido de branco. Jamais apagarei o seu nome do livro da vida, mas o reconhecerei diante do meu Pai e dos seus anjos”. O Senhor promete a esses crentes que Ele jamais retirará o nome deles do Livro da Vida. Todavia, como observou John Walvoord: “Para alguns, este versículo parece indicar que o nome de um crente poderia ser retirado, o que seria contrário ao claro ensinamento da Bíblia sobre a eterna segurança do crente. Fazer com que a continuidade de nossa salvação dependa de obras é um fracasso grosseiro em entender que a salvação vem somente pela graça. Se ela dependesse da perseverança do crente, o nome do mesmo, para começar, não teria sido escrito ali”.

Este versículo, em vez de ser uma ameaça de que o nome do crente possa ser apagado, é uma certeza pétrea de que isso jamais acontecerá. O texto original grego, em 3.5, é enfático. Existe uma negativa dupla (ou me) que poderia ser traduzida da seguinte forma: “Eu jamais, em nenhuma circunstância, apagarei o nome dele do Livro da Vida”. John MacArthur afirma: “Incrivelmente, embora o texto diga exatamente o oposto, algumas pessoas pressupõem que este versículo afirma que o nome de uma pessoa pode ser apagado do Livro da Vida. Desta forma, eles transformam uma promessa em ameaça”. Até mesmo os crentes em Sardes, que estavam longe de ser ideais, receberam a promessa de esperança da vida eterna que jamais falhará. Todo crente verdadeiro pode descansar nesta mesma promessa (ver também Fp 1.6). — Mark Hitchcock

Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança