Todo Dia Com Paz

Quinta-Feira 22 Março

Bem-aventurado o homem que... tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão

(Salmo 1:1-3)

A Felicidade

Quem é o homem bem-aventurado do qual nos fala o Salmo 1? Por acaso é o que tem muito dinheiro, ou muitos amigos, ou quem ocupa uma alta posição social? Não! Um homem feliz é, primeiro, aquele que não se deixa seduzir pela mentalidade dos que ignoram ou desprezam a Deus: “Não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores” (v. 1). Existe uma espécie de progressão no mal: primeiro a pessoa entra no mau caminho, logo continua nele e por último se acostuma a caminhar por ele. Entretanto, bem-aventurado o homem que prefere ficar só a unir-se com aqueles que estão contra Deus e fogem dEle.

Sua felicidade não consiste somente em evitar o que não agrada a Deus, mas em manter uma comunhão real com Ele, pois a felicidade do homem está relacionada com o que ele ama, e no que pensa. Ele medita na Palavra de Deus dia e noite. Faz dela seu alimento, porque é a mesma que o coloca no relacionamento com Deus, o qual deseja repartir Sua felicidade com o homem.

Então, todo crente pode fazer duas perguntas: Leio e medito diariamente na Palavra de Deus, fonte da vida verdadeira? Ou ela é para mim algo externo e distante? E depois, que frutos ela produz em minha vida quanto ao amor, ao perdão, a bondade e à pureza? Uma árvore plantada junto às águas sempre está verde e dá “o seu fruto no seu tempo” (v.3).

Casamento

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança