Todo Dia Com Paz

Quarta-feira 15 Novembro

Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos.

Se é que já provastes que o Senhor é benigno

(Mateus 11:25; 1 Pedro 2:3).

A DISCUSSÃO DURANTE UMA REFEIÇÃO

Sentado à mesa em um restaurante um homem que gostava de falar fazia seu melhor esforço para provar, cientificamente, que a Bíblia não passava de uma coleção de lendas. Na mesa ao lado, outro cliente terminando de comer uma laranja ouvia. Ele perguntou: "diga-me, senhor, essa laranja tem um sabor agradável"? ? "como poderia saber? Você é quem está comendo-a"! ? "bem, esse é exatamente o motivo porque eu estou te fazendo essa pergunta", respondeu o crente.

"Você está falando de coisas acerca das quais nunca experimentou pessoalmente".

Nós podemos analisar cientificamente a composição do ar, mas tal conhecimento não encherá nossos pulmões com oxigênio para manter-nos vivos. Também o simples exame do conteúdo de um copo com água não irá nos refrescar. De modo semelhante, um conhecimento intelectual das verdades cristãs não faz de ninguém um crente. Como eu preciso comer a laranja para saber se está boa, ou respirar o ar para viver, ou esvaziar o copo para matar a minha sede, crer na Palavra de Deus é indispensável para receber o que ela me promete: vida eterna.

Deus nos tem dado inteligência para entender a verdade divina. Mas é seu desejo, acima de tudo, que a mesma penetre em nossa consciência e nosso coração. Por que não podemos apenas acreditar nas afirmações da Bíblia, que é a Palavra de Deus? É nossa razão que nos impede. O amor de Deus não pode ser explicado, precisa ser sentido. Ele é a porção daqueles que têm colocado sua confiança no Senhor Jesus, que morreu na cruz para tirar seus pecados.

Agora Vejo

 

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!

Saiba como contribuir
Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança