Congresso Profético

Que banquete!

“Abra a sua boca e eu o alimentarei” (Salmo 81.10).

Como filho de Deus você tem todos os privilégios de uma criança real! Por isso você pode falar sem timidez com o Altíssimo, que fez o Céu e a Terra. Que privilégio: poder, a qualquer momento, ter uma audiência com o Rei de todos os reis! Poder confiar-se a Ele com a sinceridade de uma criança. Poder dizer a Ele tudo o que se passa no seu coração. Ficar descansando aos Seus pés, ouvindo a Sua Palavra.

Em Sua santa presença você pode usufruir o quanto quiser das preciosas bênçãos do seu Pai Celestial. A mesa está sempre servida para você. Até mesmo os anjos de Deus estão preparados para servir àqueles que herdarão a salvação (Hebreus 1.14). Você foi promovido à posição de herdeiro de Deus e coerdeiro de Cristo (Romanos 8.17). Você entende isso? Você consegue compreender que justamente você e eu, dentre a multidão de milhões, podemos ter a sólida certeza de que um dia estaremos diante do trono de Deus? Para sempre, para sempre estarmos em casa?

Mas como isso fica quando os filhos de Deus se portam como mendigos degradados e mal-humorados, estendendo suas tigelas amassadas e vazias pedindo esmolas ao mundo? Interiormente esvaziados pelas horas diante da TV e pelas ausências aos cultos e estudos bíblicos? Mas, por outro lado, sentir-se bem em cada balada mundana? Estar junto com os que buscam as coisas que Deus abomina? Ser muito covarde para confessar com ânimo sua fé em Jesus? Esses que agem em cumplicidade com o mundo, mas que através do seu comportamento negam a Deus e à Sua Palavra? Quem age assim em relação a Deus não precisa se admirar quando surgirem dúvidas em sua consciência quanto à sua salvação.

Quantos já se envenenaram com os atraentes bocados apetitosos do mundo? O nosso Deus não é o doador de toda a boa dádiva? Por isso, abra bem a sua boca e Ele o alimentará! Por que nós cristãos temos tanta dificuldade em usufruir da plenitude de bênçãos? Por que nossa alegria no Senhor Jesus é tão pequena? Por que há tanto choro e lamentação? O nome da grande porta de acesso à alegria multiplicada do Senhor é “humildade”! “Mais uma vez os humildes se alegrarão no Senhor” (Isaías 29.19).

Que privilégio: poder, a qualquer momento, ter uma audiência com o Rei de todos os reis!

Os que têm coração humilde e quebrantado podem chegar a Ele para que Ele os cure (ver Salmo 147.3). Ele prometeu Sua presença consoladora e preservadora a todos cujo coração estiver quebrantado e cujo espírito estiver contrito (ver Isaías 66.2). Por isso, não se desespere se seus caminhos agora parecem estar cercados por muralhas. Tenha paciência! No momento certo o Senhor Jesus lhe abrirá uma ampla porta de alegria. Seus passos serão monitorados e dirigidos com segurança por Sua sabedoria divina. Nos Seus caminhos você terá alegria. Os humildes se alegrarão no Senhor!

Naturalmente há sempre os matagais e os desfiladeiros pelo caminho. Surgem contrariedades, inimizades, lesões. Surgem inquietações e fracassos. Surgem tristezas e incômodos em relação a si mesmo e em relação aos outros. Surgem amargas decepções e crueldades. Há coisas insuportáveis que nos deixam irados e roubam o sono. Sentimos com frequência: não há força em nós. Os destroços são muitos. Estamos condenados ao fracasso se nosso Salvador não vier depressa para nos socorrer. Com quanto amor o Senhor Jesus nos aconselha: “Deixe o seu monte de entulho comigo! Permita que Eu cuide dos seus problemas!”

Sim, Senhor Jesus, Você tem razão, Você que “enxergas o sofrimento e a dor; observa-os para tomá-los em tuas mãos” (Salmo 10.14). É incompreensível que gostamos de fazer as coisas “de qualquer jeito”, apesar de Deus nos oferecer a Sua ajuda. Justamente aí que está garantida a maior alegria no Senhor para os humildes. Por isso tenha ânimo e coloque-se sob a mão misericordiosa do Pai Celestial. Então você verá que a alegria aumenta no Senhor!

Todos os que vieram ao Senhor Jesus receberam conforto e consolo. Ninguém ficou decepcionado ou envergonhado por ter confiado Nele. Que promessa maravilhosa! Que dádiva para nosso coração frequentemente tão abatido: “... os humildes se alegrarão no Senhor”! Apesar das lágrimas. Apesar das derrotas e das dores. A alegria no Senhor não está vinculada às circunstâncias. A alegria no Senhor está ligada diretamente à poderosa torrente do Seu amor, que sacia nossa alma sedenta.

Debaixo das fortes mãos onipotentes do Senhor Jesus está maravilhosamente calmo.

Agora alegre-se, porque a vitória do Senhor na cruz também vale para você, por todo tempo e para toda a eternidade. Uma vitória eterna – sobre todo pensamento obscuro, sobre qualquer sombra em sua alma, sobre cada soluço do seu coração, que vai além da morte e da sepultura. Deixe que as ondas continuem assolando ao seu redor, deixe que os tornados continuem rugindo, desestabilizando o mundo! Debaixo das fortes mãos onipotentes do Senhor Jesus está maravilhosamente calmo, e nelas você é carregado em segurança – e acompanhado até o maravilhoso destino. — Manfred Paul

Manfred Paul é autor de muitos livros, folhetos e brochuras que foram distribuídos em mais de 30 países, encorajando milhões de pessoas. Casado há mais de 50 anos, tem 3 filhos e 10 netos. Foi Diretor e encarregado das missões da organização internacional Janz Team (agora TeachBeyond), em Lörrach, Alemanha. Por 24 anos foi evangelista e líder espiritual da missão Werner Heukelbach, onde pregou na Alemanha e no exterior. Também participou de transmissões de rádio em diversos países, como Alemanha, Rússia e Equador. Aos 76 anos, ele não pensa na bem merecida aposentadoria. Toda a sua vida está a serviço do Senhor Jesus Cristo.

Veja artigos do autor

Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança