Somente os libertos podem servir

Foi para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gálatas 5.1).

Irmãos, vocês foram chamados para a liberdade” (Gálatas 5.13).

De manhã – o primeiro olhar no espelho basta. Com alegria você percebe como sua aparência demonstra felicidade. As rugas das preocupações desapareceram durante a noite. Um amoroso sorriso aparece em sua boca e você enfrenta o novo dia de bom humor.

Mas espere um pouco! A regra não é justamente o contrário? Muitas vezes a gente se assusta como o rosto no espelho desperta questionamentos: isso realmente sou eu? E ainda mais, se – de preferência antes de tomar café – alguém sussurra ao seu ouvido: “Ei, você – alegre-se!”, nesse momento eu gostaria de conhecer alguém que não considerasse esse gentil convite como uma gozação.

Nós, filhos de Deus, muitas vezes temos dificuldades em lidar com a alegria. No entanto, a Palavra de Deus nos diz em Filipenses 4.4: “Alegrem-se sempre no Senhor”. Uma coisa é certa: o Diabo não suporta quando os filhos de Deus se alegram. Satanás quer que eles admirem o mundo dele, louvem seus feitos, que aceitem suas atrações, suas ofertas cheias de luxúria. Nós, porém, somos filhos da luz. Nosso Senhor Jesus não quer que fiquemos tateando nas paredes, como se fôssemos cegos. Quantos cristãos existem que ainda estão presos no pecado!

Um pregador do evangelho se queixou certa vez: “Ó, quantos salvos há que ainda estão tão longe da salvação!”. Isso não confere? Meu avô sempre dizia: “Todos querem ir para o céu, mas não querem trilhar o caminho até lá”. Que vida cristã miserável, sofrível! Mas Cristo nos chamou para a liberdade. Nos determinou para a alegria. Por que ainda há tantos que desmoronam sob seus problemas e dificuldades, sofrendo diariamente com depressão e tristeza? Torturam suas almas ao invés de dirigirem o olhar para o Pai celestial, o Salvador onipotente?

Os filhos de Deus foram chamados à liberdade em Cristo. A sua alma deve respirar liberdade, usufruir o clima celestial. Seus pensamentos devem descansar na vitória e na paz de Jesus. A preciosidade de sua vocação celestial deve determinar seus pensamentos e sentimentos. Você deve esperar pelo seu Salvador com cabeça erguida. Foi ele quem disse: “Levantem-se e ergam a cabeça”.

A “gloriosa liberdade dos filhos de Deus” consiste na plena ligação com o Senhor Jesus. Onde estiver o Espírito do Senhor, ali há liberdade. E quem contemplar a glória do Senhor Jesus será transformado em sua imagem por meio do Espírito Santo (ver 2Coríntios 3.18). Essa promessa incrivelmente maravilhosa não desperta em nós o desejo de nos tornarmos mais semelhantes a ele? De nos portarmos adequadamente de acordo com a nossa vocação celestial? De estarmos conscientes de que pertencemos unicamente àquele que deu seu sangue e sua vida por nós?

Quando Davi deixou os rebanhos de seu pai e foi visitar seus irmãos, ele ouviu as maldições ditas pelo inimigo e considerou insuportável que Golias estivesse zombando do povo de Deus. Todavia, pelo fato de que Davi sempre procurava a honra de seu Senhor, ele teve ânimo de enfrentar aquele atrevido. Ele até dispensou a armadura segura de Saul e foi livre, sem peso em seus simples trajes de pastor de ovelhas, de encontro ao gigante totalmente armado.

Davi confiou em seu Deus poderoso e teve uma vitória maravilhosa.

Quando somos tomados por um profundo amor pelo nosso Senhor Jesus, não consideramos o serviço para ele como um sacrifício, mas sim um privilégio.

O Senhor Jesus, na Palavra de Deus, também prometeu para você a vitória sobre toda a escuridão. Por que você ainda teme os ataques do inimigo? Conte com o poder onipotente de seu Deus! Não fique sempre e constantemente desanimado com sua fraqueza! Você tem o Senhor Jesus ao seu lado, se você andar com ele, e ele lhe protege por todos os lados. Por que você ainda se preocupa? Por que fica olhando ao seu redor, amedrontado?

Uma coisa é certa: somente uma vida liberta por Cristo consegue glorificar ele. Por isso, permaneça firmemente nessa liberdade! Quando somos tomados por um profundo amor pelo nosso Senhor Jesus, então não consideramos o esforço, o trabalho e o serviço para ele como um sacrifício, mas sim como um privilégio.

Chegará o dia em que também você receberá sua magnífica recompensa. Então o seu fiel serviço, cada ato de amor, cada obediência, cada renúncia ao lazer por amor a Jesus serão maravilhosamente recompensados. Então também será aberta a porta para o esplêndido reino eterno. E você ouvirá o Salvador Jesus Cristo dizer: “Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco, eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor!” (Mateus 25.21). — Manfred Paul

Manfred Paul é autor de muitos livros, folhetos e brochuras que foram distribuídos em mais de 30 países, encorajando milhões de pessoas. Casado há mais de 50 anos, tem 3 filhos e 10 netos. Foi Diretor e encarregado das missões da organização internacional Janz Team (agora TeachBeyond), em Lörrach, Alemanha. Por 24 anos foi evangelista e líder espiritual da missão Werner Heukelbach, onde pregou na Alemanha e no exterior. Também participou de transmissões de rádio em diversos países, como Alemanha, Rússia e Equador. Aos 76 anos, ele não pensa na bem merecida aposentadoria. Toda a sua vida está a serviço do Senhor Jesus Cristo.

Veja artigos do autor

Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança